Como uma adolescente deve ser

No hagas muchos compromisos, ¡usa algo de tiempo para relajarte como adolescente! No intentes ser alguien que no eres. Hacer amistad con personas que no te agraden puede parecer una buena idea al principio, pero sólo sé tú misma y encuentra personas como tú. Es más probable que funcione bien a largo plazo. Como Ser Feliz · 12/02/2010 - 07h30 10 maneiras de ser uma adolescente elegante e feliz ... PMT libera setor de eventos que deve seguir protocolo específico para evitar a Covid-19. 4 A experiência de namoro, assim como os demais relacionamentos da adolescência, deve ser colocada dentro de um contexto mais amplo. Isto porque existe uma série de profundas mudanças que o adolescente começa a descobrir nessa fase e que, embora todas elas possam ser fascinantes e positivas, devem ocorrer dentro de um ritmo de normalidade e sem qualquer agressão ou violência sobre o seu ... Como Ser um Excelente Adolescente Cristão. Este artigo irá ajudá-lo a se tornar um excelente adolescente Cristão, seja você menino ou menina: isto serve para todos. Tenha uma adolescência Cristã ótima e divertida. Seja sensato e atencioso:... Como Ser um Adolescente Normal. Quando você é um adolescente, não há uma forma de ser normal. Isso depende dos seus interesses, seus gostos e desgostos. Todos os adolescentes experimentam uma variação de diferentes emoções e experiências,... En la industria, es muy común empezar siendo una adolescente. ¡Tyra Banks empezó a modelar cuando apenas tenía 15 años! No es un campo fácil en el cual surgir; además, no solo se trata de tomarse fotografías glamorosas y espectáculos de moda. Tendrás que mantenerte concentrada, ser persistente y trabajar duro para triunfar como modelo. - Não se maquie como se fosse o Bozo, uma maquiagem mais leve é melhor e pode até ser mais bonito - Na questão do 'seja você mesma', não tente ser 'crescidinha', se você tiver vontade de comprar um bicho de pelúcia não deixe que preconceitos bobos a impeçam Deve ser realizado preferencialmente no sentido craniocaudal, de forma segmentada, sempre cobrindo a regiao que nao está sendo examinada. Torna-se prudente, e recomendável, a presença de uma terceira pessoa, que pode ser alguém da área da saúde ou, se o adolescente preferir, de sua estrita confiança. El autismo es un desorden del desarrollo que afecta la comunicación, las relaciones y al comportamiento. Aunque los investigadores hayan encontrado pruebas de que el autismo comienza antes del nacimiento, y sus síntomas aparezcan durante la infancia a medida que el niño madura, los desafíos de la adolescencia pueden hacer que se hagan presentes aun más síntomas. Bom Dia! A alimentação de uma criança, um adolescente, um adulto e um idoso têm que ser saudável, como frutas, verduras, legumes, etc. . Uma alimentação saudável garante proteínas ao seu corpo, principalmente quando você é criança ou adolescente.. Espero ter ajudado e bons estudos

A Carreira de Christian Pulisic em Números

2020.09.18 07:41 futebolstats A Carreira de Christian Pulisic em Números

Quando cita-se um dos melhores jogadores norte-americanos em destaque no futebol europeu, o nome de Christian Pulisic que atualmente joga pelo Chelsea da Inglaterra e que também joga pela seleção dos Estados Unidos, deve ser levado em conta.
Christian Mate Pulisic nasceu em 18/09/1998 em Hershey, município do estado da Pensilvânia, Estados Unidos. Antes de atuar pelo Chelsea, ele jogou pelo Borussia Dortmund da Alemanha. Porém, o que mais se sabe sobre Pulisic? Quais feitos ele atingiu até aqui? Até onde ele ainda pode chegar?

Juvenil

Apesar de ter nascido em Hershey, Pensilvânia, onde passou a maior parte da sua infância. Kelley e Mark Pulisic – pais de Christian Pulisic – jogavam futebol pela universidade de George Mason. Além disso, o pai de Pulisic também jogou futebol de salão profissional no Harrisburg Heat na década de 1990 e, posteriormente, tornou-se treinador em níveis juvenil e profissional.
Aos 7 anos de idade, Pulisic e a família mudaram-se para a Inglaterra, onde viveram por 1 ano. Quando esteve na Inglaterra, Pulisic jogou pela equipe juvenil do Brackley Town. No ano seguinte, a família Pulisic voltou para os Estados Unidos e assim sendo, o pai de Christian se tornou técnico de um clube de futebol de salão, o Detroit Ignition. Enquanto isso, Christian Pulisic passou a viver em Michigan e com isso, jogou pelo Michigan Rush.
Depois disso, a família voltou para a cidade de Hershey e assim sendo, Pulisic cresceu jogando pelo PA Classics clube local da Academia de Desenvolvimento de Futebol dos EUA (Estados Unidos), e ocasionalmente treinando com o clube profissional local Harrisburg City Islanders, agora conhecido como Penn FC, durante a sua adolescência.

A Carreira de Christian Pulisic em Números

Borussia Dortmund

Categorias de Base

O avô de Pulisic, Mate Pulišić, nasceu na Croácia, na ilha de Olib e assim sendo, Christian se fez valer disso para solicitar a cidadania croata depois de se mudar para a Alemanha, a fim de evitar a necessidade de obter um visto de trabalho alemão.
Em fevereiro de 2015, o Borussia Dortmund – equipe que joga a Bundesliga (1ª divisão do futebol alemão) – contratou Pulisic que tinha apenas 16 anos nessa época, e o clube o designou primeiro para a equipe sub-17 e, no verão do mesmo ano – entre os meses de junho e setembro – o designou para a equipe sub-19. Depois de marcar 10 gols e prover 8 assistências em apenas 15 jogos pelas equipes sub-17 e sub-19 do Borussia Dortmund, Pulisic foi integrado a equipe principal do clube auri-negro após a pausa de inverno da temporada 2015-16.

2015-16

Em janeiro de 2016, enquanto estava treinando com a equipe principal do Borussia Dortmund nas férias de inverno, Pulisic jogou o segundo tempo de 2 amistosos, marcando 1 tento em uma partida e dando passe para gol na outra.
Em 24 de janeiro de 2016, um dia depois de “estrear no banco” do time principal do clube auri-negro, Pulisic jogou os 90 minutos de um amistoso contra o Union Berlim e além disso, fez 1 gol e proveu assistência para um gol.
Em 30/01/2016, em jogo da 19ª rodada da Bundesliga, Thomas Tuchel promoveu a estreia do norte-americano quando o colocou em campo aos 23 minutos da segunda etapa no lugar de Adrián Ramos. Quanto ao jogo, a equipe de Dortmund venceu o Ingolstadt por 2-0.
Em 18/02/2016, no primeiro confronto contra o Porto de Portugal na fase de 16 avos da UEFA Europa League, Pulisic fez a sua estreia em um torneio continental ao substituir Marco Reus aos 42 minutos da segunda etapa. Quanto ao resultado da partida, vitória do Borussia Dortmund por 2-0 no Signal Iduna Park, em Dortmund na Alemanha. Três dias depois, dessa vez em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Alemão, Pulisic jogou pela primeira vez como titular antes de ser substituído logo após o intervalo de um jogo no qual a equipe auri-negra venceu o Bayer Leverkusen em plena BayArena por 1-0.
Em 10/04/2016, em jogo da 29ª rodada da Bundesliga, pela segunda vez desde que subiu para o time principal do Borussia Dortmund, o norte-americano iniciou entre os titulares no Rieverderby – clássico entre Borussia Dortmund e Schalke 04 -, ficando em campo até os 28 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por İlkay Gündoğan. Quanto ao resultado da partida, empate em 2-2.
Em resposta à atuação de Pulisic contra o Schalke, Thomas Tuchel deu a seguinte declaração: _“Ele é um adolescente e em seu primeiro ano de futebol profissional. Os seus 2 primeiros jogos entre os titulares foram em Leverkusen e aqui hoje em Gelsenkirchen – não é a tarefa mais fácil. Isso mostra a nossa enorme gratidão em vê-lo como jogador em tempo integral em nosso time. Ele foi um valioso substituto contra o Werder Bremen e contra o Liverpool da Inglaterra. Ele parecia muito bem recentemente, o que foi provado hoje. É completamente normal que ele não poderia ter jogado com esse ritmo e essa intensidade por mais de 90 minutos.”_Pulisic marcou o seu primeiro gol como profissional em 17/04/2016 em jogo da 30ª rodada da Bundesliga, ao qual o Borussia Dortmund venceu o Hamburgo por 3-0 e com isso, se tornou o jogador estrangeiro mais jovem a marcar um tento na Bundesliga e além disso, também passou a ser o 4º jogador mais jovem a marcar um gol nessa competição; com apenas 17 anos e 212 dias de idade. Na rodada seguinte do Campeonato Alemão, marcou 1 dos gols do triunfo por 3-0 sobre o Stuttgart fora de casa e com isso, o jovem norte-americano bateu mais um recorde, tornando-se o jogador mais jovem a marcar 2 tentos na Bundesliga. Ainda convém lembrar que na vitória sobre o Stuttgart, ele também recebeu o seu primeiro cartão amarelo como profissional.
Em suma, na sua 1ª temporada como jogador profissional do clube auri-negro, Christian Pulisic disputou 12 partidas e fez 2 gols. Quanto ao Borussia Dortmund, foi o vice-campeão da Bundesliga, terminou em 3º lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e em seguida, chegou até as quartas-de-finais da UEFA Europa League.
PdGmACACVMj na temporada 2015-16
29108101894
Pd* – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados

2016-17

No primeiro jogo de Pulisic como titular nessa temporada em 14 de setembro de 2016, o camisa 22 da equipe auri-negra deu o passe para Gonzalo Castro marcar o seu único gol na goleada por 6-0 sobre o Legia Varsóvia da Polônia fora de casa e com isso, se tornou o jogador mais jovem da equipe de Dortmund a jogar uma partida de UEFA Champions League (Liga dos Campeões). Três dias depois, em jogo da 3ª rodada da Bundesliga, Pulisic foi escalado entre os titulares novamente e além de marcar o terceiro gol da goleada por 6-0 sobre o Darmstadt, também proveu assistências para 1 dos 2 gols de Gonzalo Castro e para o gol de Emre Mor.
Em 27/09/2016, em partida válida pela 2ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o jovem norte-americano de 18 anos entrou em campo aos 28 minutos do segundo tempo no lugar de Ousmane Dembélé e 14 minutos depois, deu o passe para o gol de André Schürrle evitar a derrota do Borussia Dortmund ante o Real Madrid da Espanha no Signal Iduna Park e assim sendo, as duas equipes ficaram no empate (2-2).
Em 22/10/2016, em jogo da 8ª rodada da Bundesliga, Pulisic entrou em campo no lugar de Ju-ho Park logo após o intervalo e além de marcar 1 dos gols da equipe de Dortmund no empate em 3-3 com o Ingolstadt, também contribuiu com assistência para o gol de Adrián Ramos.
Em 23 de janeiro de 2017, Pulisic assinou um novo contrato com o Borussia Dortmund no qual ele estendeu o seu vínculo com o clube até o ano de 2020.
Em 04/03/2017, em jogo da 23ª rodada da Bundesliga, o camisa 22 da equipe auri-negra marcou o quarto gol da goleada por 6-2 sobre o Bayer Leverkusen e além de ter feito 1 gol, deu o passe para Raphäel Guerreiro fazer o dele nessa partida. Quatro dias depois, o jovem norte-americano marcou o seu primeiro tento em um jogo de Liga dos Campeões, ao qual o Borussia Dortmund venceu o Benfica de Portugal no Signal Iduna Park por 4-0 em partida válida pelas oitavas-de-finais desse torneio e além do gol marcado, deu o passe para 1 dos 3 gols de Pierre-Emerick Aubameyang. Como a equipe de Dortmund havia perdido o primeiro confronto fora de casa por 1-0, o time alemão se classificou para a fase seguinte. Posteriormente, o BVB – Borussia Dortmund – foi eliminado pelo Monaco nas quartas-de-finais.
Em 14/03/2017, em confronto válido pelas quartas-de-finais da Copa da Alemanha, Pulisic marcou o seu 5º e último tento nessa temporada na vitória por 3-0 sobre o Sportfreunde Lotte e com isso, o Borussia Dortmund seguiu adiante nessa competição.
Em 27/05/2017, em partida válida pela final da Copa da Alemanha, o camisa 22 entrou em campo no lugar de Marco Reus após o intervalo e deu o passe para Aubameyang marcar o gol dele no triunfo por 2-1 sobre o Eintracht Frankfurt e com isso, pela 4ª vez na sua história, o BVB se sagrou campeão de uma edição da DFB Pokal (Copa da Alemanha).
Em suma, na sua 2ª temporada no clube auri-negro, Christian Pulisic disputou 43 partidas, fez 5 gols e proveu 13 assistências. Quanto ao Borussia Dortmund, além de se sagrar campeão da Copa da Alemanha, terminou o Campeonato Alemão em 3º lugar e chegou até as quartas de final da Liga dos Campeões.
PdGmACACVMj na temporada 2016-17
43513202323
5 gols dos quais 3 foram pela Bundesliga, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa da Alemanha

2017-18

Após o fim da temporada 2016-17, Thomas Tuchel deixou o comando do Borussia Dortmund para ser o técnico do Paris Saint-Germain da França e para o lugar de Tuchel, o BVB apostou as suas fichas em Peter Bosz e na estreia do novo treinador em 5 de agosto de 2017, escalou Pulisic entre os titulares e mesmo com o norte-americano não decepcionou e fez 1 dos gols do Borussia Dortmund no empate em 2-2 com o Bayern de Munique na decisão da Supercopa da Alemanha, porém com a persistência desse empate, as duas equipes tiveram de decidir o título nos pênaltis onde o Bayern levou a melhor e venceu por 5-4 e com isso, o Borussia Dortmund teve de se contentar em ser o vice-campeão da Supercopa da Alemanha de 2017.
Em 19/08/2017, o Borussia Dortmund estreou nessa edição da Bundesliga com uma vitória por 3-0 sobre o Wolfsburg em plena Arena Volkswagen e um dos autores dos 3 gols foi o camisa 22 e além do gol marcado nessa partida, também contribuiu com assistência para o gol de Aubameyang.
Em 20/09/2017, em jogo da 5ª rodada da Bundesliga, o jovem norte-americano de 19 anos recém-completados marcou o seu 3º tento nessa temporada na vitória por 3-0 sobre o Hamburgo fora de casa.
Após a derrota por 2-1 ante o Werder Bremen em pleno Signal Iduna Park, chegou-se a um consenso no clube que Peter Bosz não devia permanecer no comando e com a sua saída, em 10/12/2017, Peter Stöger foi anunciado como o novo treinador do Borussia Dortmund.
Em 16/12/2017, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Alemão, Pulisic marcou o segundo gol da vitória por 2-1 sobre o Hoffenheim.
Em 8 de abril de 2018, em jogo da 29ª rodada da Bundesliga, o jovem norte-americano marcou o seu 5º e último tento nessa temporada no triunfo por 3-0 sobre o Stuttgart.
Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa do BVB, Christian Pulisic disputou 42 jogos, fez 5 gols e proveu 7 assistências. Quanto ao Borussia Dortmund, além de ser o vice-campeão da Supercopa da Alemanha de 2017, terminou o Campeonato Alemão em 4º lugar, chegou até as oitavas de final da Copa da Alemanha, terminou em 3º lugar na fase de grupos da UEFA Champions League e posteriormente, foi eliminado nas oitavas de final da UEFA Europa League.
PdGmACACVMj na temporada 2017-18
4257103038
5 gols dos quais 4 foram pela Bundesliga e 1 pela Supercopa da Alemanha

2018-19

Após o término da temporada 2017-18, Peter Stöger deixou o comando dos Schwarzgelben – Borussia Dortmund – e para o seu lugar, o clube resolveu apostar as suas fichas em Lucien Favre e sob o comando do novo treinador, em 26 de agosto de 2018, na estreia do Borussia Dortmund na Bundesliga 2018-19, Pulisic iniciou a partida entre os titulares. Quanto ao resultado do jogo, vitória por 4-1 sobre o RB Leipzig.
Em 18/09/2018, na estreia do Borussia Dortmund na fase de grupos da UEFA Champions League 2018-19, o camisa 22 celebrou o seu 20º aniversário marcando o único gol da vitória sobre o Club Brugge da Bélgica fora de casa. Quatro dias depois, mas desta vez em partida válida pela 4ª rodada da Bundesliga, o jovem norte-americano marcou o gol da equipe de Dortmund no empate em 1-1 com o Hoffenheim fora de casa.
Após o gol diante do Hoffenheim na 4ª rodada do Campeonato Alemão, Pulisic só voltou a balançar as redes em 31/10/2018 na vitória por 3-2 na prorrogação sobre o Union Berlin na 2ª fase da Copa da Alemanha.
Devido à preferência de Favre por Jadon Sancho, o camisa 22 passou a ficar mais no banco, apesar de ter sido o titular do time em 5 partidas do time na Liga dos Campeões e assim sendo, começou a circular rumores na mídia de que Pulisic queria se transferir para um outro clube e ainda é importante lembrar que o próprio jogador norte-americano expressou publicamente o seu desejo de “jogar em um clube da Premier League (Campeonato Inglês)”.
No início do mês de janeiro de 2019, o Chelsea da Inglaterra fez uma oferta de 64 milhões de euros (o equivalente a 288,3 milhões de reais) por ele e adquiriu os direitos de transferência do jovem jogador norte-americano, que permaneceu até o final da temporada emprestado ao time do Borussia Dortmund.
Em 4 de maio de 2019, em jogo da 32ª rodada da Bundesliga, o camisa 22 da equipe de Dortmund jogou como titular e marcou o primeiro gol do seu time no empate em 2-2 com o Werder Bremen fora de casa. Na rodada seguinte, em 11/05/2019, o norte-americano marcou o seu último tento com a camisa do Borussia Dortmund na vitória por 3-2 sobre o Fortuna Dusseldörf no Signal Iduna Park.
Em suma, na sua última temporada com a camisa do clube auri-negro, Christian Pulisic disputou 30 partidas, fez 7 gols e proveu 6 assistências. Quanto ao Borussia Dortmund, foi o vice-campeão da Bundesliga 2018-19 e chegou até as oitavas-de-finais da Copa da Alemanha e da UEFA Champions League.
PdGmACACVMj na temporada 2018-19
3076201701
7 gols dos quais 4 foram pela Bundesliga, 2 pela Copa da Alemanha e 1 pela UEFA Champions League
Títulos que conquistou no Borussia Dortmund - Copa da Alemanha2016-17
- O vídeo abaixo mostra todos os gols que Pulisic marcou com a camisa do Borussia Dortmund - Este vídeo foi publicado no YouTube há 4 meses atrás por CDNC22

Chelsea

2019-20

Christian Pulisic sendo apresentado como o mais novo reforço do ChelseaEm 2 de janeiro de 2019, Pulisic assinou com o Chelsea da Inglaterra por uma taxa de 64 milhões de euros, em um acordo que o levou a ficar no Borussia Dortmund até o fim da temporada 2018-19. Essa transferência fez de Pulisic o jogador estadunidense mais caro e além disso, a segunda venda mais cara de todos os tempos do clube alemão, atrás apenas de Ousmane Dembélé. Após a sua chegada em julho desse ano (2019), ele falou de seu desejo de repetir as atuações de Eden Hazard e descreveu o atacante belga como um ídolo do futebol. Ainda convém lembrar que Pulisic “abriu mão das férias” após o término da temporada para impressionar Frank Lampard, o atual treinador dos Blues (Chelsea).
Em 11/08/2019, na estreia do Chelsea na atual edição da Premier League, Lampard colocou o norte-americano em campo aos 13 minutos do segundo tempo no lugar de Ross Barkley, mas mesmo com esta e mais outras alterações, os Blues estrearam com uma derrota por 4-0 ante o Manchester United no Old Trafford (estádio do Manchester United). Três dias depois, o Chelsea decidiu o título da Supercopa da UEFA de 2019 contra o Liverpool e diferentemente do jogo anterior, desta vez Pulisic iniciou entre os titulares e deu o passe para Olivier Giroud marcar o primeiro gol dos Blues no empate em 2-2 com os Reds (Liverpool) e com a persistência do empate, o campeão foi conhecido nos pênaltis; vitória dos Reds por 5-4 na disputa por pênaltis.
Pela 10ª rodada do Campeonato Inglês, em 26/10/2019, Pulisic marcou seus primeiros gols com a camisa do Chelsea na vitória por 4-2 sobre o Burnley. O hat-trick – ocorre quando um jogador faz 3 ou mais gols numa mesma partida – foi o primeiro de sua carreira e ele se tornou o segundo jogador estadunidense a conquistar este feito na Premier League depois de Clint Dempsey pelo Fulham em 2012, além disso, também se tornou o jogador mais jovem dos Blues a marcar um hat-trick. Ele também se tornou o primeiro jogador do Chelsea a marcar 3 gols numa partida desde Didier Drogba em 2010. Pulisic marcou gols nas duas rodadas seguintes da Premier League, uma vitória por 2-1 fora de casa contra o Watford e uma vitória por 2-0 no Stamford Bridge sobre o Crystal Palace.
Em 27/11/2019, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da Champions League, o estadunidense marcou seu primeiro tento pelo clube nesse torneio no empate em 2-2 com o Valencia da Espanha fora de casa.
Após a 29ª rodada da Premier League, em 8 de março de 2020, devido à pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus), o Campeonato Inglês e a maioria dos campeonatos ao redor do mundo foram paralisados e já recuperado de uma lesão que sofrerá no mês de janeiro, em 21/06/2020, em jogo da 30ª rodada da Premier League, Pulisic entrou em campo aos 10 minutos da segunda etapa no lugar de Ruben Loftus-Cheek e 5 minutos depois, fez o primeiro gol da vitória por 2-1 sobre o Aston Villa. Na rodada seguinte do campeonato nacional, o camisa 22 dos Blues – Pulisic – marcou o primeiro gol da vitória por 2-1 sobre o Manchester City, um resultado que acabou de uma vez por todas com as chances do City na disputa pelo título e confirmou o Liverpool como campeão da Premier League.
Em 01/08/2020, em confronto válido pela final da Copa da Inglaterra, Pulisic inaugurou o placar do jogo, no entanto o Chelsea levou a virada e perdeu por 2-1 para o Arsenal. Apesar de ter se tornado o primeiro jogador estadunidense a marcar na final da competição, mas foi substituído no início do segundo tempo após sofrer uma lesão no tendão.
Em agosto de 2020, Pulisic foi nomeado para a lista de 8 jogadores para o Prêmio de Jogador Jovem da Temporada inaugural da Premier League, que acabou sendo concedido a Trent Alexander-Arnold do Liverpool.
Em suma, na sua 1ª temporada na Inglaterra, Christian Pulisic disputou 34 jogos, fez 11 gols e proveu 10 assistências. Quanto ao Chelsea, além de ter sido vice-campeão da Supercopa da UEFA e da Copa da Inglaterra, terminou em 4º lugar no Campeonato Inglês e foi eliminado nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League e da Copa da Liga Inglesa.
PdGmACACVMj na temporada 2019-20
341110002348
11 gols dos quais 9 foram pela Premier League, 1 pela UEFA Champions League e 1 pela Copa da Inglaterra

Números de Pulisic na Seleção Norte-Americana

Estados Unidos

Seleções de Base

Assim como muitos outros grandes jogadores, Pulisic também atuou pelas seleções de base do seu país, no caso jogou pelas seleções sub-15 e sub-17 dos Estados Unidos. Ainda é importante mencionar que ele foi o capitão da seleção norte-americana na Copa do Mundo FIFA Sub-17 de 2015 no Chile, onde marcou 1 tento e proveu uma assistência em 3 jogos. Pulisic fez 20 gols em 34 jogos pela seleção sub-17 dos Estados Unidos durante o seu ciclo de 2 anos com o time.

Seleção Principal

Em 27 de março de 2016, Pulisic foi convocado pelo técnico Jürgen Klinsmann para um jogo de Eliminatória da Copa do Mundo FIFA de 2018 contra a Guatemala. Dois dias depois – em 29/03/2018 -, ele fez a sua estreia na seleção principal dos Estados Unidos em uma partida na qual os EUA venceram a Guatemala por 4-0 no Mapfre Stadium, em Columbus, Ohio. Pulisic entrou em campo aos 36 minutos da segunda etapa no lugar de Graham Zusi. Ainda convém lembrar que Christian Pulisic se tornou o americano mais jovem a jogar uma partida de Eliminatória de Copa do Mundo, mas antes disso, também era elegível para jogar pela seleção da Croácia, mas se recusou a fazê-lo.

Copa América Centenário 2016

Em 21/05/2016, Klinsmann anunciou a lista dos 23 jogadores que iriam disputar a Copa América Centenário e o nome de Pulisic estava nessa lista e uma semana depois – em 29/05/2016 -, em um amistoso contra a Bolívia, ele se tornou o jogador mais jovem a marcar um tento pela seleção estadunidense; entrou em campo aos 18 minutos da segunda etapa no lugar de Gyasi Zardes e 6 minutos depois, marcou o 4º e último gols dos Estados Unidos na goleada por 4-0 sobre a seleção boliviana.
Em 04/06/2016, o Estados Unidos estreou na fase de grupos dessa edição comemorativa da Copa América com uma derrota por 2-0 ante a Colômbia. Pulisic jogou os últimos 25 minutos dessa partida. Na rodada seguinte, Pulisic viu do banco a seleção estadunidense vencer a Costa Rica por 4-0 e por fim, ele viu do banco novamente o Estados Unidos vencer o Paraguai por 1-0 e com isso, os norte-americanos se classificaram para a fase de mata-mata da Copa América Centenário 2016.
Nas quartas-de-finais, o Estados Unidos enfrentou o Equador e venceu por 2-1 sem Pulisic. Na fase seguinte – semifinal -, a seleção estadunidense enfrentou a Argentina e mesmo substituindo Chris Wondolowski logo após o intervalo, a joia do Borussia Dortmund nada pôde fazer e com isso, os Estados Unidos perderam por 4-0 e com isso, teve de se contentar com a disputa do 3º lugar da Copa América Centenário 2016.
Na disputa do 3º lugar, o Estados Unidos enfrentou a Colômbia e perdeu por 1-0. Pulisic jogou os últimos 16 minutos dessa partida. Além disso, esta foi a última vez que Klinsmann comando a seleção norte-americana e com a sua saída, quem assumiu o comando dessa seleção foi Bruce Arena.
PdGmACACVMj
3000085

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018

Em 02/09/2016, em um jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018, Pulisic marcou 2 gols na goleada por 6-0 sobre São Vicente e Granadinas e além dos 2 tentos, deu o passe para o gol de Sacha Kljestan e com isso, Pulisic se tornou o jogador mais jovem a fazer um gol com a camisa da seleção norte-americana em uma partida das Eliminatórias de Copa do Mundo. No jogo seguinte diante de Trinidad e Tobago, Klinsmann escalou Pulisic entre os titulares e assim sendo, o jovem jogador do Borussia Dortmund se tornou o norte-americano mais jovem a ser escalado como titular em uma partida das Eliminatórias da Copa do Mundo. Quanto ao resultado desse jogo, goleada por 4-0 sobre a seleção trinitária.
Em 25 de março de 2017, em mais um jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018, Pulisic teve uma grande atuação na goleada por 6-0 sobre o Honduras, ao qual marcou 1 tento e proveu assistências para o gol de Sebastian Lletget e para 2 dos 3 gols de Clint Dempsey nessa partida.
Em 08/06/2017, em outro jogo válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Pulisic marcou os gols do triunfo por 2-0 sobre Trinidad e Tobago. Posteriormente, a seleção dos Estados Unidos disputou a Copa Ouro de 2017 e mesmo sem Christian Pulisic que estava se recuperando de uma lesão, foi a campeã desse torneio ao bater a Jamaica por 2-1 na final em 27/07/2017. Ainda convém lembrar que mesmo com a conquista do título, Bruce Arena não continuou no cargo de treinador da seleção estadunidense e a “bola da vez” era Dave Sarachan.
Nas duas últimas partidas do hexagonal final que é a última fase das Eliminatórias da Copa do Mundo da CONCACAF – Confederação de futebol responsável pelas seleções da América Central e da América do Norte -, Pulisic marcou 2 gols em cada jogo; gol e assistência na goleada por 4-0 sobre Panamá e o único gol dos Estados Unidos na derrota por 2-1 ante Trinidad e Tobago. Apesar de ter sido o artilheiro do Hexagonal Final, não houve o que comemorar, pois a seleção norte-americana terminou em 5º lugar e com isso, estava fora da Copa do Mundo FIFA de 2018 na Rússia.

Copa Ouro 2019

Em 20 de novembro de 2018, em um amistoso contra a Itália, pela primeira vez desde que passou a atuar pela seleção estadunidense, Pulisic capitaneou o time e apesar da derrota por 1-0 para os italianos, o até então camisa 22 do Borussia Dortmund se tornou o jogador mais jovem a ser o capitão dos Estados Unidos; 20 anos e 63 dias de idade.
A derrota para a seleção italiana causou a demissão de Dave Sarachan e com isso, quem assumiu o comando do time foi Gregg Berhalter e mesmo com a ausência de Pulisic nos amistosos contra Panamá e Costa Rica, a seleção estadunidense venceu os 2 jogos; por 3-0 e 2-0 respectivamente.
Em maio desse ano (2019), Berhalter anunciou a lista final de 23 jogadores convocados para a disputa da Copa Ouro 2019 que realizar-se-ia em 3 países, fase inicial da competição seria sediada na Costa Rica e na Jamaica e posteriormente, os Estados Unidos sediariam a fase final do torneio.
Em 19/06/2019, o Estados Unidos fez a sua estreia nessa edição da Copa Ouro com uma vitória por 4-0 sobre a Guiana. No jogo seguinte, o novo camisa 10 da seleção norte-americana – Christian Pulisic – foi um dos destaques da goleada por 6-0 sobre Trinidad e Tobago ao marcar 1 dos 6 tentos do time e além do gol marcado, proveu assistências para 1 dos 2 gols de Aaron Long e para 1 dos 2 gols de Gyasi Zardes. Por fim, na última rodada da fase de grupos da Copa Ouro 2019, com a vaga para a fase seguinte assegurada, Berhalter optou por descansar alguns atletas, dentre eles, Pulisic que jogou os últimos 25 minutos da vitória por 1-0 sobre o Panamá.
Nas quartas-de-finais, o Estados Unidos enfrentou a seleção de Curação e venceu por 1-0. Pulisic foi o autor da assistência para o gol de Weston McKennie.
Na semifinal, a seleção norte-americana enfrentou a Jamaica e com um doblete – ocorre quando um jogador faz 2 gols numa mesma partida – do camisa 10, venceu a Jamaica por 3-1 e com este triunfo, os Estados Unidos se classificaram para a final da Copa Ouro 2019.
Na final, o Estados Unidos enfrentou o México no Soldier Field, em Chicago e com um gol de Jonathan dos Santos, a Seleção Mexicana venceu a partida e pela 8ª vez, se sagrou campeã de uma edição da Copa Ouro.
PdGmACACVMj
63300447

Liga das Nações da CONCACAF 2019-20

Na estreia dos Estados Unidos na fase de grupos desta competição recém-criada em 12 de outubro de 2019, Pulisic marcou de pênalti o último gol da goleada por 7-0 sobre Cuba. Na rodada seguinte da fase de grupos, o camisa 10 e capitão da Seleção Estadunidense jogou o primeiro tempo e parte do segundo no revés por 2-0 ante o Canadá.
Com um total de 9 pontos somados em 4 partidas – 3 vitórias e uma derrota -, os Estados Unidos terminaram na liderança do grupo A e sendo assim se classificaram para a fase de mata-mata desta competição. Devido à pandemia do Novo Coronavírus, esse torneio está momentaneamente suspenso.
PdGmACACVMj
21000128
- O vídeo abaixo mostra 9 dos 14 gols de Pulisic com a camisa da Seleção Estadunidense - Este vídeo foi publicado no YouTube há 2 anos atrás por US Soccer Hub

TOTAL

PdGmACACVMj
341410002262
Prêmios individuais - 50 jovens promessas do futebol mundial de 2015 - Seleção das revelações da UEFA Champions Leagueem 2016 - 15º melhor jogador sub-21 de 2016 (FourFourTwo) - 4º melhor jovem do ano de 2017 (FourFourTwo)

Considerações Finais

Com base em todos os números apresentados até aqui pode-se concluir que Christian Pulisic é um dos “famosos camisa 10 do futuro”. O seu baixo centro de gravidade permite-lhe driblar em alta velocidade e devido a isso, é capaz de chegar a área para concluir a gol e/ou para deixar os companheiros em condições de fazer gols.
E para vocês? Pulisic irá se adaptar ao Chelsea? Ele será um dos melhores meio-campistas em breve?
O post A Carreira de Christian Pulisic em Números apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/30QbhX8
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.09.18 03:55 MEIXXMO Isso ta desnecessariamente longo hein

Vou falar várias coisas sobre mim nesse desabafo, não é nada interessante então é... só avisando.
Porra, 3 vez escrevendo essa merda hein... é realmente difícil escrever sobre si, porque eu quero anotar tudo o que se passa, mas são tantas coisas... sinceramente seria legal se eu parasse de complicar tudo, porque eu sei que sou eu quem está impondo muros e sendo uma merdinha, saca. Mas fazer o que, to na adolescência, e dizem que é uma fase conturbada mesmo, não?
"Por que você é tão estranha?" "Sua depressivazinha" "seus bostinhas" kkkk, ela provavelmente nem se lembra, mas eu fico aqui remoendo isso, e porra, por que que quando eu me sinto triste e choro, eu fico rindo????? VAI SE FODEEEER ISSO E BIZARROOO
Detalhe: desculpem pelas palvras de baixo calão, normalmente sou muito quieta, mas sei lá, eu sou "doente da cabeça" de acordo com ela, né? Kk porra, to fazendo muito drama sobre isso.... eu realmente queria ser calma do jeito que aparento por fora sabe, conseguir silenciar minha mente enquanto ouço lofi ou sei lá, mas fico lembrando das merdas que já fiz e isso me deixa tão, sei lá, é uma mistura de nervosismo com raiva e tristeza e arrependimento sabe, porque tipo, PRA QUE?! Eu SABIA que aquilo era algo extremamente burro, então POR QUE?!
Caara, sabe, foi com uns 11 anos que comecei a me afastar das minhas amigas, essa época foi uma merda. Eu adorava descontar minha raiva na minha pele, e consequentemente acabei usando moletom todos os dias quando ia pra escola~ kkk, minha mãe tinha vergonha de mim, odiava que que eu deixasse minha franja na frente do olho, mas adivinha, eu não deixava, ela que caía por eu sempre estar olhando pra baixo, e eu também acabei ficando cansada de colocar atrás da orelha. E sabe, até hoje isso é bem conveniente, porque quando eu acabo chorando na sala a franja esconde, na maioria das vezes, NA MAIORIA ESSA MERDAAA
A garota que sei la, eu gosto? Nao? Eu realmente não sei, só sei que quero estar com ela, ou sei la, pelo menos saber que ela está bem, as vezes percebe isso. "Você está bem?" Ela diz "sim" e ela sabe que eu minto, mas como? Eu sou tão mal mentirosa assim vey? Uma vez isso aconteceu num amigo secreto que eu deicidi de forma impulsiva ir, e quando vi como todos eram tão próximos, eu chorei... ela foi, perguntou sobre e eu menti, ae ela chamou o professor ;-; poxa, aquele dia me deixou triste, tipo, sei lá, eu fui muito estranha?? Quando ele tirou minha franja da frente e viu minha cara eu me senti humilhada, nao isso, mas tipo, envergonhada sabe? Ahhh sei laaaa
Minha relação com a minha classe não é das melhores, e por minha culpa. Lá todos são muito gentis, e eu acabo afastando todo mundo ao ponto de ja terem falado que sou "macumbeira" ou "satanista", mas sinceramente eu acho que mereço... antes dos 11 anos, quando eu tinha amigas, eu era mentirosa com minhas amigas, sempre exagerando verdades ou contando mentiras absurdas, me sentia superior a todos, disfarçava minha inveja por ódio e sei lá, quando notei isso eu realmente fiquei em choque... tipo, eu era muito amigável com elas e tudo mas quando eu sentia raiva eu acabava descontando nelas, ao ponto de ja ter deixado uma com dor de cabeça por causa da porra de um jogo. Até hoje me amaldiçoo por isso...
Sabe, eu nem duvido que seja só eu pensando nessas coisas, mas ainda assim... sei lá, me sinto mal perto das pessoas, nunca sei o que falar e acabo sempre mudando a conversa pra um rumo estranho ou desagradável. Eu prefiro muito mais me expressar agindo, tipo, eu já cozinhei doces para uma garota que não sei se gosto no sentido romântico, talvez eu só esteja confundindl porque sou uma virjona solitária ;-; mas ainda assim, adoraria poder conversar normalmente com ela... Enfim, agir é tão melhor, tipo, eu realmente queria chamar alguém pra ficar deitada comigo ouvindo lofi ou sei lá, cozinhando (amooo fazer doce, só sei fazer isso, comida de verdade é saudável demais pro meu gosto Ò ^ Ó kk mas eu ja disse isso né? Hum, acontece) mas é...
Foda que mesmo antes da quarentena, eu não posso sair de casa. Eu realmente odeio esse fato, sei la, queria poder ir no shopping mesmo que sozinha, saca. E deve ser muito reclamação de burguesa, mas ainda assim, odeio, ODEIO o fato de que eu sou atrasada, no sentido de só ter tido permissão pra lavar a própria louça com uns 12 anos ou até mesmo cortar minha própria comida. Ou sei lá, só participar de modinhas adolescentes de forma atrasada e vergonhosa. Eu só faço merda cara...
Sabe, agora eu tenho aquela coisa de controle dos pais porque eu não quis mostrar meu whats pra minha mãe (porque tipo, qualquer coisinha pra minhha mãe já é algo grande) e ela acabou explodindo. Odeio isso, não posso nem mais ter amigos online, e nem conversar com o Italo, um cara que realmente era um amigo foda que conheci por uns 1 ano e meio sabe, era tão hilário passar a madrugada com ele, E DROGAAAAA EU TO CHORANDO AGORA serio eu tenho tanta saudade dele :( mas sei lá, já se passaram uns anos e agora conversar com ele não tem mais aquele clima sabe, de tipo, eu poder falar abertamente sobre qualquer coisa. E se alguém começar com o papo de "ah ele pode ser perigoso e blablabla" primeiro: ele tinha namorada. Segundo: a gente só zoava vey, eu mal falava da minha vida mesmo, a nossa coonversa só fluía...
Bom, sei lá, é inútil ficar pensando nessas coisas mas ainda assim, não dá pra evitar, que hoje as coisas estão tão, tipo, chatas? Não é isso, talvez sem graça? Eu realmente não sei explicar... mas é, dá pra entender o que uma idiota introvertida e rude pensa nessa quarentena né? Eu não duvido que esteja enlouquecendo aos poucos, porque tipo, tá tudo tão perfeito, a gente vai se mudar agora pra uma casa muito melhor, eu tenho uma cachorrinha linda, agora posso mexer no fogao pra fazer minhas coisa mas sei la, eu teimo em ser a bosta que sou, hein, MERDAAAA Sabe Sempre que to sozinha eu acabo aprofundando esses e outros pensamentos, Eu sempre acabo chorando. Ae eu sempre repito: "Acontece" Isso realmente me deprime. Era pra acontecer? É normal isso? Tipo, deve ser, mas ainda assim, é tão doloroso, é tão irritante não poder mais sentir que posso me salvar. Tipo, eu não consigo imaginar meu futuro saca, eu sempre me vejo indo pra sacada aos 18 anos ou indo trabalhar pra uma empresa qualquer e ter uma vida qualquer. Talvez seja algo muito futuro, mas ainda assim, eu TENHO que pensar sobre isso.
Eu sei de todas as minhas falhas, sou chata, orgulhosa, feia, burra, lenta, desonesta e etc. E é por isso que eu me odeio... odeio tirar fotos, odeio fazer provas, odeio ter que me levantar e me esforçar pra qualquer coisa, porque no fim das coisas, nada disso vale o esforço. Eu vou morrer de qualquer jeito, então pra que me importar? Sabe, isso é um pensamento constante que inclusive uso para me acalmar. Eu cochicho um "eu vou morrer amanhã", e surpreendentemente, dá certo! Olha que legal, nossa! ;-;
Enfim, é, também não sei qual o objetivo desse texto, só acabei fazendo mesmo... nah, acontece.
submitted by MEIXXMO to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 02:40 iamassuregi Segunda chance ok, agora terceira, quarta e quinta ...

Preciso tirar isso do peito kkkkk então isso é longo
Eu conheço uma garota desde a sétima série, hoje tenho 24 anos. Essa garota por muito tempo foi minha amiga, mas sempre meio com vergonha. Kkkk eu não tinha uma boa aparência na época (e em minha defesa todo adolescente é feio) e hoje, olhando para trás, sinto que ela tinha vergonha de mim.
Em 2017 ela me apresentou a um amigo dela. Muito estranho, o cara tinha uns 40 anos e era amigo de uma moça de 21... Um dia fui dormir na casa dela, na época levei o PlayStation e ficamos jogando. Uma das irmãs, que tinha 15 anos aparece, totalmente bêbada. E esse coroa trazendo essa menina. Eu fiquei indignada, pois ela estava muito bêbada mesmo, até vomitou e desmaiou. Eu fechei a cara quando vi isso tudo e só pensava em chamar uma ambulância ou a polícia. Lembro que ele falou algo como: "Ela estava na minha casa com a minha filha, tomou só um pouco" e eu retruquei: "Ela tem quinze anos. Não devia ter tomado nada".
Esse foi o meu primeiro erro. O cara pegou raiva de mim aí.
Enfim, noutro dia fui pra minha casa e segui a minha vida.
Na época da escola éramos um trio: eu, essa garota e outro amigo. Esse moleque não era amigo dela há um tempo.
Outra visita a casa dela e ela me pergunta dele. Eu falo a verdade, que disse que nunca mais queria falar com ela. Tinha morrido pra ele. Volto pra minha casa e quanto estou deitada já, vejo uma ligação. Era o coroa me ligando.
Ele gritou comigo, disse que se fosse para eu falar desse amigo que eu não pisasse mais o pé na casa dela. Queria saber o que ela tinha feito pra ele, e eu apenas respondia: pergunta pra ela!
No dia fiquei morrendo de medo. Depois chorei de raiva. Mandei uma mensagem pra ela, dizendo que precisávamos conversar. No outro dia ela me respondeu, dizendo que iria falar com ele. Depois veio com uma conversa que não podia escolher lado pois não tinha ouvido a ligação para dizer o que cada um disse.
Depois disso me afastei, me ocupei com trabalho. Respondia ela pouco. Meu erro também, devia ter bloqueado nessa época. Também comecei a me arrumar bastante, me cuidar mesmo e a ter encontros kkk (e sim, agora sou bonita)
Ela me chamava para ir na casa dela sempre e dizia: leva o videogame, não tem nada aqui para fazer. Ela mora noutro bairro, muito contramão pra ônibus, então eu andava meia hora com um PS4 mochila, chegava lá morrendo. Eu acabava dormindo lá pois sempre ficava tarde pra voltar. Um dia eu falei pra ela que tava muito zoado para ir, pois estava tendo assalto direto e eu não poderia dormir pois tinha compromisso. Ela disse: então deixa o vídeo game aqui. Depois você busca.
Aí sim eu descobri, ela só queria jogar.
Então fui me afastando, até que ela surgiu meses depois fazendo perguntas sobre esse maldito videogame. Eu não entendo muito, tinha comprado ele no fim de 2016 pois foi uma baita promoção e eu usaria para ver vídeos do YouTube e alguns jogos que eu tinha visto gameplay. Mas por causa do trabalho quem usava mais era a minha família, para assistir. Então eu realmente não sabia responder nada. Foi uma semana de questionamentos até ela me pedir a minha conta da PSN. O coroa tinha dado um videogame para ela. Meu sangue ferveu, e eu disse que não. Ela veio com uma conversinha do tipo: "você não confia em mim?" Eu apenas disse: "sei que você não vai pegar nenhuma informação minha, mas não empresto pra você. Meses sem falar comigo e quando volta quer favores?".
Ela sumiu por três dias e quando voltou disse que não poderíamos mais ser amigas. E começou a escrever um textão. Eu simplesmente dei block e deletei o número. Isso foi no fim de 2018.
Nessa época eu estava meio mal, mudei para um emprego de meio período e fui passando sem comprar muita coisa. Vendi o videogame e resolvi estudar para entrar numa universidade. A situação financeira aqui em casa apertou tanto que eu praticamente sustentei a casa por uns meses com um salário de meio período. Deixei muito currículo mas nem chamavam... Enfim.
No fim de fevereiro desse ano entrei no meu Facebook e tinha várias mensagens dela, das irmãs, pedido para eu mandar mensagem pra ela. Eu sou muito curiosa, então não aguentei. Passei o meu número para a irmã e disse que entrar em contato comigo. Ela falou comigo e pediu desculpas.
E eu aceitei, pois estava numa paz e estava tentando mudar, ver o melhor nas pessoas. Estava muito de boas mesmo.
Ela veio perguntar da minha vida, eu disse que estava estudando e trabalhava algumas horinhas por semana.
Aí ela me pediu uma dicas para estudar pra FUVEST/Enem e acabamos combinando que eu poderia ajudar ela a estudar.
Desde 2019 eu estava muito calma, não me irritava com ninguém e também toda semana tirava um momento pra refletir os pontos da minha personalidade que tinha que melhorar. Mas eu fiz um grande erro: ser gentil não é ser otária. E eu estava sendo uma otária.
Acabou que o corona apareceu e bagunçou a vida de todo mundo, mas continuamos nos falando. Ela comentava lugares que queria ir e eu dizia "ah, depois do corona a gente vai". Acabou que a primeira oportunidade foi esses dias, quando sp começou a permitir que cursos extracurriculares voltassem. Decidi que iria fazer um curso de japonês, pois estava meio deprimida e queria algo para ocupar a cabeça. Chamei ela para dar uma olhada comigo na unidade da escola.
Eu já tinha comentado com ela que estava ficando bem ocupada recentemente, então podia ser que eu esquecesse de ver as mensagens. Falei pra ela que sábado ficaria fazendo um trabalho. Então sábado de manhã fomos ao curso de japonês e quando voltamos ela se convidou para ir na minha casa. Eu, por causa de estar ocupada e cansada, não queria ninguém aqui, então só disse que outro dia a gente marcava.
Depois disso ela nunca mais de respondeu. Ela tinha parado de falar com o coroa quando voltou a falar comigo, mas deve ter voltado.
Essa novela é tão grande e ruim que vou acrescentar uns detalhes aqui:
O que eu aprendi de tudo isso? Não fique perto de quem faz mal pra você. Seja gentil, mas não seja besta.
submitted by iamassuregi to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 16:17 BlvckCrystvl Não quero mais fazer parte dos atos infiéis da minha amiga

É o seguinte, tenho um amiga de anos e vou chama-la de X-infiel.X-infiel namorava Y-corna que se tornou uma grande amiga minha também, porém X-infiel começou a trair Y-corna com Z-trouxa(que viria a ser uma grande amiga também) até que elas acabaram terminando e X-infiel acabou ficando com Z-trouxa porém as escondidas.
Todo role que dávamos não podia bater foto, não podia marcar elas porque X-infiel temia que Y-corna visse ela com Z-trouxa. Enfim foi um saco viver às escondida com as duas, foram inúmeras situações chatas envolvendo isso... Com o passar dos anos Y-corna seguiu sua vida e X-infiel assumiu Z-trouxa.
Por problemas pessoais eu e X-infiel acabamos nos afastando por um tempo, retomando a amizade quase que recentemente. Nesse tempo que ficamos afastadas parece que Z-trouxa acabou traindo X-infiel, elas acabaram se resolvendo e tals e estão juntas de novo firme e forte. Porém recentemente ou não X-infiel tem se encontrado com Y-corna ás escondidas...
Já aconteceu de Y-corna me chamar pra role, e comentar que estava com X-infiel. Aí eu expliquei pra ela que não iria porque não me sentia bem nessa situação delas pois eu já sabia que era às escondidas.
Passou um bom tempo, e recentemente Y-corna me chama pra ir na casa dela, jantar e tomar uns drinks, topei na hora de saco cheio da quarentena enfim.. Enquanto me arrumava ela me manda uma msg falando ''Tem alguem aqui morrendo de saudade de ti'' Daí pensei, ah deve ser Fulaninha Aleatória, não pode ser X-infiel pois ja falei pra ela que não queria mais fazer parte dessas ladainhas delas, e na sequencia ela me envia uma foto delas juntas X-infiel com Y-corna. Falei ah que massa e não respondi mais, fiquei puta kk.
Resumindo, Z-trouxa estava viajando e X-infiel entediada que só, resolveu reencontrar sua ex Y-corna.A princípio elas estão só na amizade, mas eu já passei por tudo isso anteriormente com X-infiel, já vi toda essa história antes e não to afim de fazer parte disso de novo. Não sei se falo diretamente pra ela, já que ter falado pra Y-corna não adiantou nada.Não sei, só sei que fico revoltada pois respeito Z-trouxa assim como respeito Y-corna a qual tá se achando por cima , achando que está de vingando de Z-trouxa fazendo isso de se encontrar com a ex X-infiel.
Só queria desabafafofocar sobre isso pois não sei qual a maneira mais correta de agir. Será que devo tentar ignorar e viver a vida com elas normalmente, será que continuo a me manter afastada nessas situações? Só sei que fico revoltada haha. Valeu por quem leu, e se quiser lançar uma idéia fique a vontade!
Edit/Obs: São todas mulheres ADULTAS com ladainhas de adolescentes.
submitted by BlvckCrystvl to desabafos [link] [comments]


2020.09.01 20:58 lobmob87 Esse sub tem alguma tara por milicianos?

Desculpe se o post é inapropriado, mas em um sub tão amplo (em teoria) como esse, parece que estou em um diretório do PSOL, só aqueles papinhos bem adolescentes, com praticamente duas cláusulas pétreas:

1) Tudo que eu não gosto é extrema-direita.

2) Tudo que eu não gosto eu chamo de miliciano.

Quando foi que nosso pensamento se tornou tão pequeno e infantil? Vocês podem dizer que o oposto também é verdadeiro, todo mundo de direita fala que tudo é comunismo, tudo é socialismo. Veja, isso me parece bem falacioso. Não é crime ser comunista ou socialista no Brasil. Ser miliciano, etc é. Temos partidos comunistas, órgãos de sociedade comunistas, páginas comunistas, e por aí afora, mas se aparece uma só pessoa criticando algo da esquerda, é "ultraconservador", "extrema-direita", "deve ser caçado-banido-processado, porque eu discordo dele."

Isso chegou em um ponto tão bizarro, que temos fiscais de liberdade de expressão, agora. Tal comentário não deve ser tolerado, comentário x ou y não se encaixa na liberdade de expressão, etc. Ora, contanto que não seja incentivado nenhum ato de violência contra alguém, ou um grupo, baseado em quê vocês acham que podem cercear a fala dos outros e classificá-los em categorias que só existem em vossas cabeças?

É impossível qualquer diálogo mais maduro, ninguém tem base filosófica alguma pra discutir algo, então tudo que sobra é o mais puro totalitarismo.

Não falo isso como defensor de política A ou B, eu na verdade acredito que todas são um grande fracasso, e que a comunhão dos povos vivendo em paz e tranquilidade não passa por conservadorismo ou socialismo, direita ou esquerda.

O próprio George Soros, que a direita tanto critica, deu entrevista recente ao El País dizendo que o politicamente correto é errado e está em um nível absurdo.

Na opinião de vocês, o que fazer para que ambos os lados tratem um ao outro com respeito? Como acabar com a completa infantilidade na esquerda atual (não me refiro apenas à chamada "esquerda cirandeira")? Ou, ainda, devemos largar mão de toda essa imbecilidade política e abraçar o nilismo total em nossa terra tupiniquim? Bolsonaro, Lula, Ciro, Amoedo... é tudo a mesma coisa, ou seriam as diferentes faces que representam uma - agora - democracia mais saudável e sua pluralidade?
submitted by lobmob87 to brasil [link] [comments]


2020.08.30 22:04 mixdixx família abusiva

Eu tô muito indignada com minha família. Desde que comecei a namorar (é meu primeiro namoro sério, estou quase noivando) comecei a perceber os comportamentos abusivos dos que moram comigo.
Começando que eu filha do meio, tenho 18 anos, meu irmão tem 21 e minha irmã 11, eu sou a que faz mais de 70% dos serviços diários domésticos, literalmente lavo a louça todo santo dia e nunca vi meu irmão lavar a não ser que eu tivesse morrendo (não deve ter acontecido mais de 2 vezes) e minha irmã de 11 é filha do meu padrasto isso a torna protegida de todos caso mandem ela fazer algo.
Contando que meu padrasto é o cara mais chato que eu conheço (eu não sou adolescente revoltadinha que não se conforma só porque é padrasto) eu sou na minha, mas ele pega muito no meu pé, me proíbe de sair pra casa das minhas amigas, não posso trazer meu namorado em casa, não posso dormir no meu quarto porquê ele dorme lá de propósito pra eu não poder, teve épocas que eu não podia carregar meu celular em casa, eu levava nos meus amigos pra pegar uma carga e voltar pra casa, meus irmãos perceberam e já falaram pra minha mãe que não é justo, porquê é realmente só comigo, ela só diz que é o jeito dele e devo respeitar.
Minha vó diz todo dia que sou gorda, que não sou moça por causa da minha cintura, que meu namorado vai me largar por isso e isso me machuca, faz mais de 8 anos essa rotina. Eu sempre percebi como é ruim, mas antes só aceitava.
Agora que meu namorado está comigo, me ajuda e me mostra como tudo isso me faz mal, todo esse ambiente já me fez desenvolver um ansiedade muito ruim, meus dedos estão frequentemente machucados, baixa auto estima de não conseguir tirar fotos e solidão extrema interna. Sempre fui sozinha e me senti assim.
Eu e meu namorado vamos fazer 6 meses em setembro, pedi pra minha mãe me deixar ir à praia com ele, eu dormiria lá e voltaria de manhã no outro dia, ela não pagaria nada, reforçando que tenho 18 anos, não trabalho ainda, ela não deixou. Disse que minha vó só pensa em besteira e vai gritar na cabeça dela, minha vó está sempre gritando com todo mundo (acho que ela tem problemas mentais reais).
Eu tenho que me privar sempre de tudo por causa da minha família, isso tem me deixado muito revoltada, apesar que não grito, não xingo, nem nada do tipo, eu geralmente só aceito e guardo. Eu não sei se devo parar de me importar com todos aqui e começar a viver minha vida ou espero até um milagre acontecer e eles mudarem. Estou cansada real.
Meu namorado é a melhor pessoa que já conheci, tenho certeza que estarei casada com ele em menos de 2 anos, ele me ajudou muito nas questões de culpas que eu sentia por minha família (eu achava que se eu achasse ruim com eles pelas coisas que faziam, era culpa minha) me ajudou a me aceitar e a melhorar minha alto estima e eu queria muito que nossos 6 meses fossem muito especiais. Eu nunca fui a praia e ir com ele seria muito incrível.
Por fim eu não sei se continuo me privando pra não brigar com eles, ou começo a viver de forma que me faça feliz.
submitted by mixdixx to desabafos [link] [comments]


2020.08.28 17:06 SkyWanderluster "Vou me comportar de forma grotesca porque sou favelada"

Brasil nunca será país decente para morar, e não tem nada a ver com políticos. É cultural e as pessoas ESCOLHEM ser assim.
Eu sou pobre. Moro numa COHAB/CDHU. Tenho doença crônica então mobilidade social / se mudar está fora de questão. E nunca passou pela minha cabeça usar esses argumentos como desculpas pro comportamento perturbador das minhas vizinhas, igual elas usam.
Quando me mudei, minha tia (dona do apto.) me contou que a vizinha do lado "deu um tapa na cara do filho mais velho por causa de macho, um homem casado de quem ela engravidou. Ele não largou a mulher, mas o filho adolescente escolheu sair de casa". Entendi perfeitamente o que ela quiz dizer que a mulher do lado não é flor que se cheire. Sou extremamente quieta e introvertida, não tinha intensões de socializar e agora menos ainda.
E se vc é quieto e introvertido no país do Carnaval, vai saber do que estou falando: nós despertamos o pior nas pessoas só de existir.
+25 anos assim e ainda não cheguei na resposta. Será que levam nossa quietude como ofensa pessoal? Será que acreditam que todo ser humano no planeta lhes deve atenção? Será que é carência? Não podem usar o "metida" porque como eu disse, é COHAB. Todas minhas roupas são horríveis de esgarçadas e velhas. Literalmente não podem usar o argumento de que não falo com ninguém por me achar superior, porque não sou. Mas se eu me recuso a me comportar de maneira bárbara igual elas pois não acho que minha pobreza seja desculpa para tal, então creio que sou "superior" sim. E é daí que vem o ESCOLHEM ser assim.
Minha doença me faz ser hipersensível à luz, e de noite deixo tudo apagado pra conseguir usar computadocelular, parece que não tem ninguém aqui. Isso me deu a oportunidade de ouvir umas pérolas:
Todo santo dia essa desgraçada quando chega na casa dela peida e arrota na minha porta.
"Não vou limpar aqui e não vou matar as baratas pq quero que elas entrem no apto. da vizinha"
"Vou chamar a vizinha pra te pegar" (Não sei que merda que ela falou pro filho dela com o homem casado que tem uns 5 anos, e aparentemente eu sou um monstro). Mas ela precisar de uma estranha pra impor respeito no filho mostra que continua a ser um lixo de mãe, fora as coisas horríveis que o menino tem que ouvir.
Ouvi a conversa delas sobre mim uns 3 meses depois que cheguei: o ódio era imenso, suposisões que iam desde "caipira", "doente mental", "arrogante" e "autista", inclusive das outras duas do mesmo andar (síndica e sua filha). Ainda bem que alguém interviu e eu ouvi um "ela é quieta, não incomoda ninguém e eu respeito".
Cachorro da síndica fez coco no meu tapete. Isso foi um deleite para todas, pois agora finalmente tinham um motivo concreto pra falar mal de mim: eu não limpei achando que iam ter o mínimo de vergonha na cara. Eu sou agora a porca master do prédio.
Ela obviamente varre a porta do apto. dela pro meu lado. Tem que manter minha imagem de porca.
Espalhou fofoca PRO PRÉDIO INTEIRO de que eu chamei elas de faveladas por deixar roupa no varal de chão pelas escadas. Nunca falei com a jumenta, ela não sabe nem meu nome (me chamam de 41). Sabe o que é pior caro Redditor?
EU NÃO DEIXO A MERDA DAS MINHAS ROUPAS LÁ PENSANDO NO PRÓXIMO, PRA NÃO INCOMODAR A PASSAGEM DE NINGUÉM E ESSA DEMÔNIA TEM QUE INVENTAR UM NEGÓCIO DESSE.
O que ocorreu no dia seguinte foi o mais absoluto circo. Elas gritavam por todos os andares pelas escadas "Eu sou favelada mesmo!", "Sou barraqueira mesmo! Ai de quem querer confusão comigo!" E riam como se fosse a coisa mais deliciosa do mundo, escárnio. A gritaria tinha intenção de me fazer ouvir. Ainda bem que naquele dia eu não precisava sair.
Mas eu estou honestamente com medo. Não sei o que fazer. Estou aqui há mais de 1 ano, não tem como me mudar, não adianta gravar pq não são casos de polícia, não adianta cair na porrada pq não tenho saúde pra isso e é o predio vs. um Hobbit. Conversa está fora de questão, o caso do cachorro mostra que moram em um mundo paralelo (síndica inclusive).
Ela só tá piorando e o dia que decidir falar uma mentira mais grave, tenho medo de me tornar a próxima Fabiana.
Até simpatia vinda das religiões africanas pra ela se mudar eu fiz mas não tem nem 1 mês, vamos ver. Quem souber de coisas assim me passa.
Só sei que é um povo chulo, escroto, pobre de dinheiro e de espírito, mas acha que a pobreza de um justifica o outro. E são a maioria.
submitted by SkyWanderluster to desabafos [link] [comments]


2020.08.24 07:11 aquele_esquisito Me alienei completamente em relação as pessoas (Histórias de Quarentena)

Esse ano tá sendo bem interessante para mim até agora, comecei com 23 anos, virgem, bv, com zero experiências íntimas com mulheres, sem nunca de fato ter valorizado essas aventuras, isto é, nunca ter buscado de fato. Sempre fui no menor número possível de festas, nunca engajei em nenhum tipo de flerte com uma mulher e com isso nunca cheguei perto não só das ppks alheias como não sei o que é amar uma mulher. Basicamente era um incel sem a parte de odiar as mulheres, só a de não ver necessidade em transar mesmo, sem nenhum vitimismo, *quase um assexual que sente vontade física de transar mas não psicológica. *
Pois bem "ano novo, vida nova", pensei comigo mesmo que ia mudar isso, não deve ser tão difícil, ainda sou jovem sem ser garoto demais, quase empregado, não sou horrendo, os anos de academia me transformaram em uma pessoa atraente de corpo e sou absurdamente interessado (quase de maneira autista) em saber das coisas/conceitos/ideias/ciências/formas de arte, me transformando numa máquina de boas conversas por ter assunto pra infinidade de tempo. Por que decidi mudar isso? Literalmente por pensar com o meu pau, depois dos 20 parece que minha libido triplicou e eu não via a hora de finalmente comer alguém. E aí eu ainda caí na isca de "tem mais de 20 e é virgem? teu padrão é muito alto" que me deu um falso senso de segurança, ou seja, fui em todas que deram bola.
Usando tinder já comecei a perceber que ter um grande conhecimento de vários assuntos não significa ter uma boa conversa de bate e pronto, por isso passei uns tempos dando match com qualquer menina (mesmo que longe) só pra treinar o meu gingado na conversa com elas, depois de umas semanas consegui uma melhora boa (e agora quase indo pro fim do ano já me sinto um mestre das conversas) e comecei a de fato marcar encontros.
Pelo tipo de texto que estou escrevendo você pode talvez imaginar um autista metido que se acha o rei da cocada, e é meio assim que eu me sinto comigo mesmo, mas na vida real eu consigo me passar por uma pessoa completamente normal e sociável, o lance é que eu estou fazendo força para isso internamente. Sempre achei isso meio normal porque apesar de ser extremamente introvertido nunca fui tímido e sempre convivi com coletividades de amigos ao longo da minha vida ATÉ a faculdade quando todo mundo foi separando, daí eu tenho um senso de normalidade bastante bem desenvolvido, a partir dai é questão de querer mesmo.
Primeira menina foi logo na época de carnaval (apesar de ter passado longe de blocos), foi com ela que eu perdi o BV de todas maneiras possíveis e desenvolvi mais habilidade com mulheres, saímos durante a semana quase toda (ela era de fora) mas não conseguimos transar por conta de terceiros empacando o bonde (a vontade foi tanta que chegamos a ficar nos esfregando em alguns lugares públicos). Viu? Não foi tão difícil, vou transar bem mais rápido que imaginava, eu só precisava achar alguém que morasse sozinha pra facilitar tudo. O único alerta que essa primeira vez me deu foi que eu não gostei da experiência, e eu to acostumado a não gostar de saídas sociais/fingir ser normal, passo por isso a vida inteira, mas acho que por essa vez ter aprofundado mais na minha intimidade acabei odiando mais do que uma simples ocasião social.
Sai com a segunda um tempo depois e essa era bem mais quieta e tranquila que a primeira, com essa não rolou nada e eu não fiquei tão desconfortável, depois percebi que foi porque foi basicamente um rolê que eu tenho com meus amigos, daí o nível de conforto foi proporcional a isso e não a de ir pra trocar saliva com uma mulher. Essa segunda era espetacularmente linda apesar de não parecer tão interessada como a primeira (que também era bonita!). A partir daí eu percebi que tava fácil demais e decidi tentar ser mais criterioso a fim de achar uma mulher bonita que fosse transar comigo sem as frescuras sociais, porque meu pau tava mandando em mim.
Enfim, achei uma mina com 28 anos que tava querendo, marquei um pouco antes das minhas aulas começarem mas tive que dar uma adiada por um problema, porém o encontro nunca de fato aconteceu pois por ironia divina, o corona estourou e a pandemia começou. A partir daí vou dar uma acelerada na história, pois desse início de março até hoje continuei acessando o tinder assiduamente quase como um vício de autoestima com a desculpa de treinar meu papo com mulheres, e sem intenção de quebrar a quarentena.
Fiz todos tipos de perfil possível (pedindo sexo na bio, super fofo, esquisito, descolado...) e dei match com todo tipo de mulher possível, tive várias conversas a ponto da minha habilidade social ter crescido bastante, porém acabei chegando no ponto de saturação mais que completa. Lembra quando eu disse que ia ser mais criterioso? Isso subiu absurdamente a minha cabeça a ponto de eu literalmente achar todas as mulheres do app feias ou indesejáveis de alguma forma, antes eu literalmente tinha uma certa luxúria por quase todas porém isso foi morrendo com as conversas. Porque eu começava a conversar no meu modo ultra social (quase um superego em esteroides) e levava uma conversa foda em vários lugares imagináveis, conseguia colocar as minas fissuradas em continuar a conversar comigo, me chamar pra conversar tomando iniciativa e tudo mais. Mas aí eu percebi que comecei a odiar as conversas, porque a dura realidade é que nenhuma mulher passa um tempo psicopata aprendendo a conversar com homens no tinder pra ter a conversa perfeita.
Isto é, apesar de eu tomar a dianteira, as conversas para mim começaram a ser absurdamente horríveis e pouco proveitosas, porque as mulheres em geral são seres humanos normais, que em sua maioria são completamente entediados consigo mesmo e desinteressantes. Deixou de ser sobre conquistar as meninas com a lábia das palavras para "Quero uma conversa interessante pra mim", e obviamente não encontrei ainda uma menina psicopata ao ponto de seguir o guia que eu descrevi, mesmo as boas de conversa batiam no meu ego me dizendo "nossa, se eu consegui isso com essa, talvez eu consiga algo melhor". Até agora eu consegui umas 5 meninas a tentarem me convencer a quebrar a quarentena com elas.
Olha a merda no que eu me tornei, esses últimos parágrafos são estreitamente das profundezas da minha mente, onde eu comecei a levar essas conversas de merda e encontros como achievements sociais. Que foi de certa forma como eu abordei tudo isso no começo sem perceber, quero transar porque sim, meu pau me ordena, quero perder o BV para poder falar livremente com as pessoas que eu já beijei (não gosto de mentir sobre isso e sempre admito o que sou sem vergonha quando o assunto surge em conversa com amigos) e não sou um completo inapto social por tentar e ser rejeitado. Finalmente me encontrei numa posição de poder e comecei a usar isso pra aumentar o ego pura e simplesmente, fui me tornando uma mina aleatória de only fan que coleciona macho que paga tudo pra ela (famosos simps).
"Nossa, que fanfic de adolescente retardado" pode passar pela sua mente, pois bem, a dose de realidade chegou para mim, porque apesar de não ser horrendo eu não sou nenhum modelo, então teve uma hora que eu basicamente bati no meu limite de beleza no tinder e a atenção que eu tava recebendo secou completamente. Comecei aceitando qualquer uma com um perfil super amigável e convidativo, pra aceitar até umas meninas que considero meio feias com um perfil mais interessante, pra começar a encontrar com meninas regulares/do meu nível pra até algumas mais bonitas com um perfil super esquisito (pra filtrar tipos de menina que eu não queria), e aí eu estagnei, ainda to um pouco longe do topo da pirâmide mais fui um pouco mais longe do que imaginava. Fui de perdedor de boas, para perdedor com um falso senso de poder, para perdedor carente que tentou voar muito perto do sol, tudo isso também por não gostar da ideia de correr atrás de mulher, parto do princípio que se a mina não tiver iniciativa pra vir falar comigo é porque pra ela não tem nada ali e já descarto de cara.
Eu basicamente sinto que estou passando, ao longo dos últimos anos, por um processo de alienação completo de relações sociais à lá ted kaczynski, e eu sinto que essa era uma das últimas barreiras que eu tinha pra quebrar: a do sexo oposto. Já tinha normalizado na minha cabeça a minha própria desumanização e completa insignificância, pra estender isso pra colegas/amigos/parentes, e finalmente sinto que estou me descolando do tecido dos relacionamentos, ou de mulheres no geral. O que eu achei mais perceptível desse processo foi que o meu "pensar com o pau" meio que se tornou temporário, antes eu poderia ter me masturbado ou não e ainda havia um certo desejo por mulheres, agora eu sinto que sou uma pessoa quando estou com tesão e quando não estou mais simplesmente volto a não dar a mínima pra estar com uma mulher (eu já não ligava pro aspecto de companhia da relação, agora então o sexual parece ter ido embora também assim que esvazio o saco), inclusive com algumas dessas meninas que encontrei cheguei a fazer chamadas pra ficar me masturbando e é mata conversa na certa, porque o meu tesão acumulado por aquela pessoa desaparece da face da terra com uma gozada e eu não consigo nem mais falar com ela. Não sei se já estou estragado pro sexo, porque tenho certeza que depois de transar o meu desejo vai ser ficar sozinho comendo uma pizza e ouvindo música.
Pra quem for comentar em nofap e parar de ver pornô, eu não me masturbo com tanta frequência ao longo do ano, inclusive já fiz no fap de 3 meses duas vezes (outra isca que não serve pra muita coisa), também quase não consumo pornô, minha libido é muito errática com a masturbação, posso passar um tempo me masturbando 3-4 vezes por mês (tendo muita ocupação e coisas pra resolver) para chegar uma sequência de três dias de vagabundo e me masturbar 4-5 vezes por dia, quantificando num ano passo longe de vício por punheta ou pornô.
O mais engraçado da história toda é que todo esse processo aconteceu com auxílio do isolamento físico da quarentena que me possibilitou a chegar nesse ponto de alienação sem nem transar ainda. To quase me sentindo como o androide no fim do Ex-Machina que vai pra sociedade viver como uma pessoa normal, visto que to bem perto de finalizar a faculdade, vou tentar arranjar um emprego, morar sozinho, e finalmente virar um adulto de fato, a única coisa que eu tava sentindo dever nesse quesito de amadurecimento era a parte de relacionamento, principalmente o sexo porque de fato eu nunca tive interesse em montar família com casamento/filho/cachorro/gato, nem a ideia de namorar me atraia já bem novinho justamente por desgostar dessa ideia do companheirismo, minha última esperança era transar, mas isso eu acho que nem faço mais questão de concretizar.
submitted by aquele_esquisito to desabafos [link] [comments]


2020.08.19 04:37 FlavioKD9 Um desabafo (de anos) um tanto quanto longo

Bom dia, boa tarde ou boa noite, queria deixar claro aqui que se você tiver paciência pra ler e opinar, agradeço. Mas já sei que vou levar muitos down votes, por que sei que o meu “problema” é nada comparado a outros mil que tem aqui.
Bom, vou começar da minha infância, sempre tive que me virar sozinho pois meu pai e minha mãe trabalhavam muito, e não tinha ninguém para me ajudar, então desde cedo cresci sozinho, e me virando. Isso é bom, aprendi desde cedo a cozinhar, limpar a casa, tarefas básicas do dia a dia. Na escola, nunca fui de ter muitas amizades, eu sempre fui o garoto gordinho que ficava sentado sozinho lendo ou escutando música. Isso perdurou até o fim do ensino fundamental, quando fui para o ensino médio, os problemas de amizade diminuíram um pouco, fiz alguns amigos que duraram exatos 3 anos. Eu já tinha gostado de algumas garotas na época do fundamental, mas nunca tinha me declaro por ser feio e gordo, eu achava isso ruim, mas, desde aquela época, não tinha força de vontade para encarar uma academia ou algo do tipo. Voltando para o ensino médio, começaram a aparecer os primeiros resquícios de falsidade entre os amigos, e então, eu me declarei para uma amiga, estávamos bem próximo na época, e aí aconteceu o que? A friendzone? Não, foi algo pior, quando eu me declarei para ela, ela me olhou e disse que não gostava de mim, e só tinha ficado mais próximo, para mim ajudar ela a ficar com o meu melhor amigo.
Lembra que tinha melhorado o meu problema com amizade? Então, a partir daquele momento, tudo tinha voltado para a estaca zero. Enfim, terminei o ensino médio com perrengues e muitas greves, inclusive eu tive o privilégio de conseguir fazer um curso pré-ENEM, se não estaria muito ferrado naquela maldita prova. Logo depois tive que encarar uma decisão fudida quando você tem 17/18 anos: o que fazer do futuro? Como a maioria (fontes das vozes na minha cabeça), eu não fazia ideia do que escolher, até porque eu gostava de jogar videogames, ler e escutar músicas. Foi então que decidi fazer Análise e Desenvolvimento de Sistema, e eu... odiei. Desenvolver é mágico, mas não é para mim. Então, teve todo um rolo com problema de matricula na minha faculdade, e eu iria perder um semestre, e como eu já não aguentava mais, eu decidi sair, foi então que por pressão dos meus pais (eu entendo que eles queriam o meu melhor e que eu tivesse pelo menos um diploma para não prejudicar o meu futuro), eles me fizeram entrar em uma faculdade particular, só que não tinha nenhum curso que me chamasse atenção, então vamos novamente para Análise e Desenvolvimento de Sistemas, como eles estavam pagando, eu tinha a obrigação de dar o meu melhor e passar. Ok, eu ia fazer o ENEM de novo, para tentar alguma outra coisa, foi então que eu tive a brilhante (idiota) ideia de ir para o oposto do que já estava estudando, entrei para História Bacharel (não me pergunte o porquê, pois foi um surto meu), cursei um ano, e por divergências de opiniões e expectativas frustradas (!), resolvi trancar, até para terminar a outra faculdade.
No final do ano passado (2019, que saudades de quando não tinha quarentena), conclui a faculdade particular, então meus pais estavam tranquilos, porque se desse alguma merda, eu tinha uma formação, e eu estava no começo da minha “crise”. No início desse ano, meu único e fiel amigo, que me acompanhou por 11 longos anos, morreu com uma doença que até hoje não descobrimos o que era, fizemos de tudo para salvar, mas não rolou. Eu e meus pais éramos muito apegados nele, resumindo ele dava alegria e energia para a casa. 2020 já tinha começado daquele jeito, que merda. Vou passar por alguns meses porque foi um trauma e meses de “recuperação”, então aconteceu a merda da COVID, comecei a ter crises de ansiedade quando via as notícias de quantas pessoas morriam por dia. Meses de ansiedades e falta de estabilidade mental depois, acontece uma parada que eu nunca tinha tido (ou, pelo menos, não lembro), eu me apaixonei platonicamente por uma artista brasileira 5 anos mais velha, desde o início dessa “paixão”, eu tentei colocar na minha cabeça de que nunca ia rolar (até hoje estou tentando) até mesmo para não me frustrar, mas não funcionou, e o pior é que não é nada sexual, ou coisa do tipo, é gostar de estar com a pessoa, ouvir ela falar, cantar, etc. Eu sei que agora provavelmente você deve estar pensando: “Alerta de maluco!!”, até porque eu estou pensando isso agora.
Ok, depois de estar formado, com uma faculdade trancada, apaixonado por uma atriz, chegou a famosa (conheci fazem 15 minutos) crise dos 20 e poucos. Meu pai é baterista e eu sempre vivi em volta da música, mas nunca tive determinação de aprender um instrumento. Mas, agora na quarentena, me veio a vontade de aprender a tocar violão (eu já o tinha parado há alguns anos, ganhei em algum aniversário), só que aí veio os sonhos malucos, comecei a sonhar alto demais, e, sempre que se sonha alto, vem as frustrações, por que é a minoria que consegue o que eu comecei a sonhar. Eu sonhei em ser Ator, Diretor, Escritor, Músico, resumindo, eu quero ser famoso, e eu sei que a partir do momento em que eu sonhei isso, já virou uma bola de neve de frustrações, porque para ser bom nessas coisas, a pessoa tem que treinar desde criança/adolescente, e eu com meus 21 para 22 anos, não sou mais um estudante, e sim um desempregado. Comecei a fazer pesquisas sobre a área e sobre o instrumento, li um artigo que para se tornar profissional, tinha que tocar há 15 anos. Mais crises de ansiedades. Ah, aí você me pergunta, com o que eu gastei o tempo dos meus 17 aos 21? Isso mesmo, videogames. Não vou mentir, eu gosto, ou gostava, nem sei mais quem eu sou. Fiquei pensando nisso e adivinha? Mais frustrações.
Agora eu estou em um looping, de tentar aprender alguma coisa, mas ter medo de ser miserável nisso, então eu não aprendo essa tal coisa, fico frustrado e começa tudo de novo. Já está chegando no ponto de eu pensar em fazer alguma coisa nova, mas desistir em seguida. Agora quando a faculdade voltar, pretendo mudar para Artes e estudar cinema e artes plásticas (não tem apenas o curso de Cinema aqui na minha cidade). Eu sei que pode parecer bobagem, mas eu não tenho mais forças pra levantar (falta de boleto!) de manhã, e sei que esses meus sonhos altos só vão levar em frustrações enormes, que eu não quero acumular para jogar em alguém. Sinto enormes dores de cabeça, e uma dor que eu não consigo explicar, não é algo físico, mas quando começo a sentir, me causa uma respiração ofegante e uma vontade de não existir.
E eu também sei que eu sou um puta hipócrita, que sou privilegiado por ser homem, branco e hetero. Que tem pessoa passando por muita coisa pior. Eu olho para todas essas merdas acontecendo pelo país e mundo, e sei o privilégio que eu tenho. Reconheço isso, mas essa vontade de não existir, é algo que parece colocar mais peso em problemas que são “comuns”. Eu não tenho coragem de fazer nada, porque eu sou filho único, e minha mãe já perdeu um irmão para a merda da depressão. Então, eu só convivo com isso, com as frustrações e sonhos altos demais, pretendo ir para um psicólogo quando a merda do COVID acabar, mas por enquanto, encontrei um lugar para falar mais abertamente sobre o assunto, que é esse sub, e, depois de anos, vou finalmente desabafar totalmente. Agora eu não sei exatamente o que fazer, estou tentando me forçar a tocar violão, mesmo com uma voz na minha cabeça dizendo eu vou ser miserável e nunca vou chegar aos pés dos profissionais.
Se você leu até aqui, primeiro, Parabéns! Segundo, obrigado por perder tempo lendo esses “problemas” boçais. Terceiro, fica a vontade de comentar, dar um conselho, me xingar, ou qualquer coisa do tipo. 😊 Desculpa se eu repeti ou deixei alguma coisa fora do contexto, coerência não foi o meu forte na redação do ENEM.
submitted by FlavioKD9 to desabafos [link] [comments]


2020.08.18 19:05 New_File2351 A depressão destruiu a minha vida. Não deixe que destrua a sua também

Saí de dentro de uma caverna pra escrever esse post. Aparentemente tem muita coisa acontecendo que vai me abafar, mas postarei mesmo assim,
Sofro de depressão desde a minha infância e a minha vida foi marcada pelo completo vazio. É difícil explicar para as pessoas o que é esse vazio, pois sempre estão fazendo alguma coisa. Eu nunca fiz nada e é sobre esse nada que quero falar.
Nunca tive amigos ou alguém com quem pudese conversar. Também nunca interagi com as pessoas pela internet. Na escola eu ia embora logo e não interagia com ninguém. Não fiz atividades fora da escola. Nunca tive nenhum relacionamento, sequer beijei alguém durante toda a minha vida. Também nunca trabalhei nem continuei os estudos.
A única coisa que fiz na vida foi uma faculdade e nem sei como, pois eu quase não frequentava, não fiz pesquisa, não tive bolsas, nada. Eu fazia as provas e ia pra casa. Quase não conheci ninguém, nunca fui a nenhum evento com colegas de sala, nada.
Quando falo em depressão, muita gente deve imaginar uma pessoa triste, mas que faz as coisas, pois ouço muitas histórias de pessoas com depressão que viajam, namoram, fazem muitas coisas. Não é isso o que aconteceu comigo. Ao longo desse tempo eu mal tive ânimo ou energia para nada, por muitos momentos me vi no chão, sem conseguir sair do lugar, como se meus músculos não respondessem aos meus movimentos.
Eu demorei muito pra receber um diagnóstico e fazer tratamento, porque minha família achava que era tudo frescura minha, que eu era preguiçoso, apático e que não gostava de fazer nada. Com isso fui perdendo muitos anos de vida.
Venho fazendo tratamento, já tomei quase toda classe de medicamento possível, tudo sem resultados. Já fui por diversas vezes a psicólogos mas não fazem nada. Tudo foi em vão e só perdi ainda mais tempo.
Hoje eu tenho 27 anos e perdi completamente a minha vida. Você que está lendo pode até dizer que ainda estou jovem e posso fazer muitas coisas, mas não é a mesma coisa. Eu não posso vivenciar o que é ser uma criança brincando com os amigos, um adolescente namorando, um adulto jovem fazendo pesquisas na faculdade, estágio, iniciando uma carreira. Eu não posso vivenciar nada disso. No máximo eu posso vivenciar o que é ser uma pessoa mais velha "correndo atrás".
O que me resta nessa vida? Vivi a vida toda como um animal de estimação sem nunca fazer nada. Eu não tenho o que fazer ou pra onde ir. Você que está lendo isso deve ter dificuldades pra entender o que é o completo vazio. Esse vazio nos destrói por dentro até que ficamos igualmente vazios, carcaças ambulantes e sem vida. Eu nunca vivi.
O que farei não será um suicídio, pois só morre quem está vivo. Eu já morri há muitos e muitos anos, só esqueceram de me enterrar. O que farei será apenas finalizar essa tarefa.
Se você que está lendo isso tem sinais de depressão ou se identifica com qualquer coisa que escrevi, não deixe que a depressão destrua a sua vida também. Procure e faça todo tipo de tratamento que puder, enquanto é tempo.
submitted by New_File2351 to brasil [link] [comments]


2020.08.17 18:37 playertwo13 O dia que minha escola PEGOU FOGO

Olá Luba, editores, turma/chat, gatas e seres interdimensionais que estão a ver. Hoje lhes contarei a história do dia em que minha escola pegou fogo, e modificarei os nomes dos envolvidos (menos o meu)
Eu me chamo Marcos, na época tinha 13 anos, hoje tenho 15 quase de 16, moro em uma cidade no interior de SP com mais ou menos 50 mil habitantes.
No dia 02 de setembro de 2018 ocorreu o incêndio no museu nacional, noticia que foi repercutir no dia seguinte (03), e como foi um acontecimento marcante, ainda estávamos falando disso na minha classe no dia 04, na terça. Era por volta das 17:15, nós já estávamos na classe (que ficava no 2° andar da escola) quando comecei a sentir um cheiro estranho, já que sentava do lado da janela, perguntei para meus colegas se eles estavam sentindo esse cheiro, aí o Carls disse “to sentindo também, deve ser um vazamento de gás e a escola vai explodir” eu respondi “relaxa, as coisas não explodem que nem filmes”.
Logo após isso, ouvi um grito do corredor, e reconheci que vinha de uma inspetora, não entendi nada, apenas vi a cara de susto da minha professora que disse “VAMO GENTE, CORRE” . Em apenas um movimento peguei minha bolsa e fui correndo para o corredor, quando entendi o que estava acontecendo, tinha muita fumaça, desci correndo a rampa que leva para portaria e me espremi entre 300 alunos que estudavam lá de manhã para sair do local
A rua da escola foi logo interditada, pois os bombeiros chegaram em 4 minutos, já que a cidade é pequena, todos alunos e professores foram para a rua, eu o Jorge e o Cleber sentamos no meio-fio do outro lado da rua, usei meu celular para ligar para nossos pais avisar que estava tudo bem, antes que eles tivessem um infarto. Foi aí que o pai do Cleiton, que era policial, chegou para mim perguntando se eu sabia onde ele estava, o Cleber disse que tinha saído com ele da escola, mas não sabia onde ele estava agora. Após um tempo, encontrei o Cleiton e perguntei onde ele estava, foi aí que recebi a resposta mais inesperado para o momento, ele disse “Fui na casa do Frals, porque o Lars queria cagar” só respondi um “beleza” e disse que o pai dele estava procurando ele.
No fim das contas, fomos para quadra, o bombeiro disse que ninguém tinha se ferido gravemente e que estava tudo ok, o incêndio tinha ocorrido na sala de informática que ficava no 1° andar e que em dentro de alguns dias iria sair o relatório de o que havia causando o incendo. Em fim voltei para casa com o meu amigo Felipe, que mora na mesma rua que eu e passei o resto da manhã jogando Fortnite (como qualquer criança/pré-adolescente em 2018) com o Cleber e o Jorge. Ficamos e resto da semana (quarta, quinta e sexta) em casa, até voltarmos na segunda, supostamente tivemos que repor esses 3 dias nos 3 próximos sábados.
O relatório final foi o seguinte: Nessa sala de informática, havia 3 ventiladores, eu um deles estava com o motor travado, o inspetor era recém contratado e não sabia disso, e todos interruptores dos ventiladores da minha escola são ligados em uma caixa de força no início do corredor (vale constar que é fiação da minha escola é de 1980), então o inspetor ligou o interruptor desse ventilador, o que fez com que ele esquentasse muito, causando um incêndio no local que era cheio de materiais inflamáveis. Mas isso foi caracterizado com um incêndio acidental e ninguém foi culpado, e até hoje estamos esperando a verba do governo para computadores novos.
Essa foi minha história, muito obrigado pela atença, um beijo e xau <3
submitted by playertwo13 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.15 16:09 Intisar-mahee [Portuguese (European) > English] App Description of Programming Hero

Crie seu próprio jogo 🎮. Aprenda a programar, programando🔥, programe e crie jogos.
Aqui, programar ficou divertido! 🎉🎊.
Crie seu próprio jogo 🎮 enquanto aprende a programar:
👉🏻 Ação Rápida: Aplique os conceitos de programação imediatamente depois de aprender.
👉🏻 Orgulho Bom: Publique seu código e mostre o seu trabalho.
👉🏻 Pratique em Qualquer Lugar: Pratique programação (Python, HTML, CSS, JavaScript, etc.).
👉🏻 Ajuda Instantânea: Tenha suas dúvidas respondidas instantaneamente.
👉🏻 Aprendizado Inteligente: Entenda Estrutura de Dados, Algoritmos, POO, Banco de Dados, etc.
Você vai dominar:
🦸 Mais de 100 problemas de programação com soluções e explicações.
🦸 Estrutura de Dados: Stack, Queue, Lista ligada, Dictionary, Tree, Graph, etc.
🦸 Algoritmos: Busca binária, Ordenação por flutuação, Ordenação por inserção, Complexidade de tempo, etc.
🦸 POO: Objeto, Classe, Heranças, Encapsulamento, Polimorfismo, etc.
🦸 Desenvolvimento de jogos: Básico do desenvolvimento de jogos, pygame, criar um jogo do zero.
🦸 Banco de dados: SQL, Banco de Dados, SQLite, Banco de Dados Relacional, etc.
🦸 Desenvolvimento Web: HTML, CSS, HTML5, JavaScript, Bootstrap, etc.
Aprenda a programar 💃🏻🕺de um jeito divertido!
Nós acreditamos que programar deve ser divertido, interativo e agradável. ⛹️⛷️. Nós usamos conversar jovens divertidas 💬 junto com desafios que se parecem com jogos, para ensinar os conceitos da programação de forma agradável!
Nosso visual divertido e exemplo do mundo real vai te ajudar a reter os conceitos por 10 vezes mais tempo.
Ganhe superpoderes 💪
Pontos surpresa, presentes 🎁, insígnias de superpoder🥇, jogos de programação vão fazer o seu aprendizado muito agradável. Nossa missão é prover conhecimento de programação para adolescentes, adultos e crianças de maneira divertida.
Quiz Divertido 🤠
Nossos quiz são divertidos. Como o jogo de hamburguer de 3 segundos, sorvete de 45 segundos, pizza de 5 segundos. Eles são desafiadores e garantem que seu conhecimento aumente instantaneamente.
Web Development
Nós temos os melhores cursos de desenvolvimento web para totais iniciantes. Você pode aprender e praticar Desenvolvimento Web: HTML, CSS, e JavaScript no próprio aplicativo.
Playground
Em nosso playground de desenvolvimento web(HTML, CSS, and JavaScript), você pode criar qualquer projeto usando HTML, CSS, JavaScript (Vue.js) e Bootstrap. Depois de terminar, você pode publicar o que criou usando GitHub e mostrar seu site para qualquer um!
Nós temos um playground para você treinar Python também, para que você possa continuar programando e melhorando. 😊
Linguagens de Programação
Atualmente, usamos python (python3) para explicar os conceitos de programação. Você pode aprender esses conceitos e aplicar em qualquer linguagem de programação. Se você quiser aprender a programar em C, ou aprender C++, python ou java, esse aplicativo vai ajudar. Logo logo, nós estaremos usando outras Linguagens de Programação.
Vencedor Code.org 🏆
Programming Hero foi selecionado o aplicativo #1 de aprendizado de programação pela organização Code.org. Nos estamos inclusos no Hour of Code.
Em Novembro de 2019, Programming Hero ganhou a competição de melhor Tech Code Startup no Vale do Silício, Califórnia, EUA.
Outros recursos chave são:
🎯 Jogo de tiro espacial para explicar Programação Básica.
🎯 Jogo de Basketball para explicar Estrutura de Dados.
🎯 Receba ajuda de milhares de aprendizes no fórum.
🎯 Escreva conceitos com suas próprias palavras e compartilhe com os outros.
🎯 Marque qualquer conteúdo para revisão futura (marca-páginas)
🎯 Desafios e jogos de códigos interativos.
🎯 Ganhe uma recompensa diária pelo hábito de aprendizado diário.
🎯 Solicite um mentor pessoal/Amigo de Código e leve seu aprendizado para o próximo nível.
🎯 Oportunidades voluntária para obter experiência no mundo real.
🎯 E muito mais...
Desfrute do aplicativo, aprende programação e fique mais próximo do seu sonho.
Funções Futuras 🏇🏇
Nós chamamos alguns programadores altamente treinados, viciados em café e criadores de conteúdo para adicionar mais conteúdo divertido para você.
⏳ Desenvolvimento Web (JavaScript Avançado, Bootstrap, e React)
⏳ Desenvolvimento de Aplicativos usando Java, Kotlin, Android (julho 2020)
⏳ Aprendizado de Máquina (agosto 2020)
Seu review, feedback, e ideias para melhorar nos encoraja a trabalhar mais duro e criar mais conteúdo. Envie-os para [[email protected]](mailto:[email protected]) 🤗
Com amor ❤️ Time Programming Hero.
submitted by Intisar-mahee to translator [link] [comments]


2020.08.14 19:46 InfamousPangolin3996 postando dnv pq acho q bugou... O DIA EM QUE MAGOEI DUAS PESSOAS E FUI PEGO POR UMA MEGA REVELÇÃO kekek

Bom, caros leitores deste reddit maravilhoso, essa historia pode ser um famoso caso de "am i the asholle?" porem acho que não, então vamos la a historia... A, e oi luba, editores e gatas maravilhosas e fofinhas.
Bom, meu nome é Carls, a dois anos atrás, eu e um carinha estávamos combinando de sair pelo zap né, algo bem normal diga-se de passagem, porem, eu era adolescente ainda e dizia coisas como: "a te amo", "gosto muito de você" etc e etc. Nós combinamos que iriamos sair para ver um filme daqui a uns 7 dias, pois ambos estávamos em época de prova na escola(cada um em escola diferente). Porem, entre o meio tempo dos 7 dias, ele me fez uma raivinha e eu fiquei puto com ele, e não falei mais com ele pelo resto do dia, umas duas horas depois resolvi contar para segunda pessoa que eu era bi, (ja que a primeira pessoa que falei foi para o outro garoto) era meu amigo de infância que era gay e ele já sabia mais sobre o assunto e eu queria algumas dicas, porem ele começou a dar em cima de mim, eu confuso e sem saber oq fazer dei em cima dele tbm, (ele era de outro estado, detalhe importante) porem eu dei em cima dele sem muitas esperanças pois não morava no meu estado. Ele disse pra mim que na proxima semana viria a minha cidade e eu fiquei "ops!" porem queria marcar cmg de ir pro cinema na segunda, ele viria para minha cidade numa sexta e na segunda nos sairíamos. Então caros leitores eu aceitei, ir nos dois cinemas, eu fiquei despreocupado pois iria com o outro garoto no cinema no sabado, você ja deve imaginar oque iria acontecer, fui no cinema no sabado com o garoto lá, pois ja tinhamos nos resolvido e não estava mais com raiva dele, no meio do filme estavamos tão tensos e nervosos e so nos demos as mãos, porem nada de beijo. Quando saímos do filme andamos de mãos dadas, depois do ocorrido eu ja estava pensando em cancelar com o garoto de outro estado, porem só iria fazer isso quando chegasse em casa, quando fomos a praça de alimentação sentamos e pedimos, antes de chegar nosso pedido eu estava encorajado pra dar um selinho nele, e então fiz isso, dei um selinho nele, e quando sai do selinho, percebo alguem familiar a esquerda da nossa mesa, era o garoto de outro estado, quando ele viu tudo eu olhei pra ele e ele saiu correndo, então eu saí correndo atras dele pra tentar explicar alguma coisa, la sei vey fiquei tenso, e quando eu saí correndo me lembrei que deixei o outro garoto na mesa sem entender nada, "eu volto pra mesa?", "continuo atras do outro cara?", eu paralisei, depois disso me sentei num banco e liguei pra minha mãe ir me buscar no shopping, eu me senti um cara horrivel pra krl, pq ate então o garoto de outro estado so veio a minha cidade pra nos ficarmos, e eu estraguei tudo vey, quando eu estava saindo do shopping vi no canto, o garoto do outro estado e o que eu fui no cinema, conversando, eu não tive coragem na hora de ir pedir desculpa pra ambos. Duas semana depois eu vi no inta de cada um dizendo que eles estavam em um relacionamento serio, "<3 lars e farls" , "<3 fars e lars", eu fiquei ate q surpreso, eles estão juntos ate hoje, e o cara que era de outro estado disse obrigado a mim que aquela tristeza trouxe a ele o seu melhor relacionamento ate damo momento, infelismente não tenho mais o print, pois ele me disse isso em setembro do ano passado. Obrigado por ler minha historia, espero q apareça no video, mas se não aparece pelo menos fico feliz se falarem se eu fui babaca ou não.
submitted by InfamousPangolin3996 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.14 19:40 InfamousPangolin3996 Bom... Tem q ter título né, ok... O DIA EM QUE EU MAGOEI DUAS PESSOAS E DEPOIS ME SURPREENDI COM AMBAS!

Bom, caros leitores deste reddit maravilhoso, essa historia pode ser um famoso caso de "am i the asholle?" porem acho que não, então vamos la a historia... A, e oi luba, editores e gatas maravilhosas e fofinhas.
Bom, meu nome é Carls, a dois anos atrás, eu e um carinha estávamos combinando de sair pelo zap né, algo bem normal diga-se de passagem, porem, eu era adolescente ainda e dizia coisas como: "a te amo", "gosto muito de você" etc e etc. Nós combinamos que iriamos sair para ver um filme daqui a uns 7 dias, pois ambos estávamos em época de prova na escola(cada um em escola diferente). Porem, entre o meio tempo dos 7 dias, ele me fez uma raivinha e eu fiquei puto com ele, e não falei mais com ele pelo resto do dia, umas duas horas depois resolvi contar para segunda pessoa que eu era bi, (ja que a primeira pessoa que falei foi para o outro garoto) era meu amigo de infância que era gay e ele já sabia mais sobre o assunto e eu queria algumas dicas, porem ele começou a dar em cima de mim, eu confuso e sem saber oq fazer dei em cima dele tbm, (ele era de outro estado, detalhe importante) porem eu dei em cima dele sem muitas esperanças pois não morava no meu estado. Ele disse pra mim que na proxima semana viria a minha cidade e eu fiquei "ops!" porem queria marcar cmg de ir pro cinema na segunda, ele viria para minha cidade numa sexta e na segunda nos sairíamos. Então caros leitores eu aceitei, ir nos dois cinemas, eu fiquei despreocupado pois iria com o outro garoto no cinema no sabado, você ja deve imaginar oque iria acontecer, fui no cinema no sabado com o garoto lá, pois ja tinhamos nos resolvido e não estava mais com raiva dele, no meio do filme estavamos tão tensos e nervosos e so nos demos as mãos, porem nada de beijo. Quando saímos do filme andamos de mãos dadas, depois do ocorrido eu ja estava pensando em cancelar com o garoto de outro estado, porem só iria fazer isso quando chegasse em casa, quando fomos a praça de alimentação sentamos e pedimos, antes de chegar nosso pedido eu estava encorajado pra dar um selinho nele, e então fiz isso, dei um selinho nele, e quando sai do selinho, percebo alguem familiar a esquerda da nossa mesa, era o garoto de outro estado, quando ele viu tudo eu olhei pra ele e ele saiu correndo, então eu saí correndo atras dele pra tentar explicar alguma coisa, la sei vey fiquei tenso, e quando eu saí correndo me lembrei que deixei o outro garoto na mesa sem entender nada, "eu volto pra mesa?", "continuo atras do outro cara?", eu paralisei, depois disso me sentei num banco e liguei pra minha mãe ir me buscar no shopping, eu me senti um cara horrivel pra krl, pq ate então o garoto de outro estado so veio a minha cidade pra nos ficarmos, e eu estraguei tudo vey, quando eu estava saindo do shopping vi no canto, o garoto do outro estado e o que eu fui no cinema, conversando, eu não tive coragem na hora de ir pedir desculpa pra ambos. Duas semana depois eu vi no inta de cada um dizendo que eles estavam em um relacionamento serio, "<3 lars e farls" , "<3 fars e lars", eu fiquei ate q surpreso, eles estão juntos ate hoje, e o cara que era de outro estado disse obrigado a mim que aquela tristeza trouxe a ele o seu melhor relacionamento ate damo momento, infelismente não tenho mais o print, pois ele me disse isso em setembro do ano passado. Obrigado por ler minha historia, espero q apareça no video, mas se não aparece pelo menos fico feliz se falarem se eu fui babaca ou não.
submitted by InfamousPangolin3996 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.14 01:12 human_profile (+18) Vi os tópicos dos virgens velhos...

Disclaimer: sem julgamentos, só estou dizendo o que penso. Talvez seja um relato muito mundano, vulgar e de mau gosto.
Eu ainda me vejo como um desses virgens velhos, muito embora não tenha chegado aos 40 e nem seja mais formalmente virgem. Sem contato íntimo com o sexo oposto, tendo desperdiçado as chances que apareceram em idos tempos, e hoje me enquadraria dentre os "desalentados", por não procurar. Mas trapaceei, hoje sou apenas bv, pois paguei putas. Putas no plural, mas na real sobram dedos ao contar em uma mão, tanto em putas quanto no total de vezes em que contratei os serviços.
Por que fiz isso!? Pela experiência. A partir de certa idade, o peso do envelhecimento começa a se sentir, ferimentos demoram mais a se fechar, atividades físicas nos deixam quebrados por mais tempo, e por isso comecei a pensar: não tenho tantas décadas de ereções com vigor adolescente pela frente. Assim, antes desse prazo incerto terminar, me decidi a ter tal experiência.
Vou pular a parte burocrática de pesquisar, hesitar, ir e voltar diversas vezes. Acabei me decidindo por impulso a ir em uma que me agradava esteticamente. Fiquei um pouco sem jeito e isso deve tê-la deixado igualmente sem jeito. Talvez não tenha acreditado que eu fosse virgem, talvez não soubesse como lidar por nunca ter visto um. Mesmo assim achei muito fácil ficar pelado em frente a uma desconhecida, não tive receio de meter a mão nos peitos ou na bunda, de tentar acariciar a buça (acho que acreditou que eu era virgem, pois não queria que eu machucasse, então evitou que eu fizesse isso), mas eu não sabia beijar, e ela não deixou. Se eu já soubesse, talvez tivesse sido natural.
Faltou contato além de pelvis com pelvis, vi minha cota de pornografia e é natural que tenha me influenciado até certo ponto. Meu corpo estava carente de um abraço de um beijo, algo assim dificilmente seria bem feito por uma profissional. Achei uma outra gp bem melhor depois, mas não soube o que fazer pra aproveitar tudo o que oferecia. Apesar da interação ser bem melhor e eu poder dizer que queria isso e aquilo, acabei sem dizer. Talvez tenha sido um resto do pensamento de que devesse ser algo especial em sua plenitude, apenas a ser feito com alguém especial, etc. e tal. Mas não, eu queria saber. Já tive sonhos muito realistas com beijos e tudo o mais, queria saber como era o real.
Resumindo, é uma experiência que o virgem de 40 anos possa testar, apenas para conhecer. Não vai mudar nada, é uma punheta glorificada. Eu saí de lá cansado, batendo forte o pé no chão, me sentindo macho, ainda que a primeira vez tenha sido uma porcaria e eu só ter saído "satisfeito" com meu "desempenho" numa posterior. Mas isso teve um efeito bom, me mostrou que não estou quebrado fisicamente, só mentalmente. Me mostrou que o corpo feminino é delicado, mas que não está em uma escala diferente do corpo masculino, não vai quebrar com um pouco mais de firmeza nem é perigoso de se tocar. Sexo pode ser ligeiramente viciante. Se eu ficar sem tocar umazinha de quando em quando, o pensamento começa a apontar novamente para algum tipo de sexo, eu estava quase a marcar uma neste final de semana, mas esvaziei as bolas e voltei a ter juízo.
Acho que o principal ganho que tive foi ter respondido minhas dúvidas e saber do que se trata, acabou o mistério. Os aprendizados práticos e gerais também foram bons. Sei que a primeira vez é uma bosta e tenho bons palpites para ter uma foda melhor se eu for uma próxima vez, do que fazer e do que pedir que ela faça. Acho que sei porque algumas pessoas de mente mais fraca perdem a cabeça com isso. Posso supor com alguma segurança o grau em que o álcool ajuda como lubrificante social e simula um sentimento de desejo e tesão, mesmo sem ter ido a baladas nem me embebedado. Até posso imaginar como seria uma foda entre pessoas apaixonadas desejando se comer mutuamente, mas alcancei certo contentamento em saber que provavelmente nunca terei algo assim; "veni, vidi, vici" no que me propus a fazer: esclarecer a dúvida fisiológica.
Os experientes dirão que não sei de nada, que minha experiência foi incompleta, talvez até artificial. Tudo bem, agora eu sei o que sei, que é mais do que ontem. Posso me nortear por outros objetivos e essas lacunas não fazem diferença pra mim no momento. Se algum dia eu me sentir tão incomodado por estas "faltas", aí então irei atrás.
submitted by human_profile to desabafos [link] [comments]


2020.08.13 13:06 R_DiasOficial Um Resumo Histórico dos Candidatos Presidenciais Democratas

"O partido dos pobres e oprimidos escolhe pessoas ricas e opressoras para a presidência."

Kamala Devi Harris. 55 anos. É polícia desde 1990 e está em posição de poder político desde 2003.

Eleger uma pessoa que pertence às forças polícias na altura em que as tensões raciais estão no seu pico não foi a melhor decisão do partido democrata. Ao contrário do consenso geral, ao longo dos anos a Kamala Harris veio a revelar ser o estereótipo perfeito de um polícia que abusa do seu poder, o que agrava um pouco a situação. É a mulher que mantinha os prisioneiros por um tempo superior ao das suas sentenças para obter mão-de-obra barata, e que prendia os pais das crianças que faltam as aulas, e ainda se ria na cara deles.
É uma pessoa que sempre defendeu ideias políticas controversas como o aborto até o parto, a pena de morte, baixar a idade de voto para 16 anos, ou a Affirmitive Action (uma política de discriminação racial que permite que pessoas Afro-Americanas possam entrar na universidade com notas inferiores à de pessoas brancas, enquanto que os Asiáticos precisam de ter notas superiores à de pessoas brancas. Ao contrário do que parece à primeira vista, esta medida veio contribuir negativamente na comunidade Afro-Americana).
É, também, uma mulher meia Indiana e meia Jamaicana, porém quando é convincente passa por Afro-Americana. Isto torna-se ainda mais controverso uma vez que certamente que beneficiou da escravatura praticada pelos seus antepassados, como o pai dela tanto se gosta de gabar. (É engraçado o facto de o Snopes classificar isto como "unverified". Bastava irem perguntar ao pai dela que ele não teria problema nenhum em confirmar, mas isso iria contra a narrativa... )

Joseph Robinette Biden. 77 anos. Está numa posição de poder político desde 1969 e possui o apoio eleitoral da China, do Irão e do Bin Laden.

Tal como a Kamala, o seu passado também não é muito animador.
É mais conhecido pela sua War on Drugs que contribuiu para o encarceramento em massa de Afro-Americanos por cometerem pequenas infrações relacionadas com drogas.
Também é muito famoso por, de vez em quando, dizer frases do tipo:
É ainda o homem que, por mais irónico que seja, declarou Donald Trump como o primeiro presidente racista. Olhando para o passado do Biden, não será errado concluir que ele deve considerar os presidentes que possuíam escravos como "não racistas".
O seu historial cognitivo também não é dos melhores. Diz estar com pessoas que nunca esteve, em locais que não existem, a fazer coisas que não fez.
Tem acesso às perguntas antes das entrevistas e inclusive lê as respostas a partir de um teleponto. (Exemplo 1); (Exemplo 2); (Exemplo 3); (Exemplo 4)
Mas quando não tem diz que escolhem a verdade em vez dos factos, seja lá o que isso quer dizer. Confunde a mulher com a irmã. Cria frases sem qualquer sentido. Afirma que sempre foi contra a NAFTA, mas há provas de que votou a favor.. Mete o despacito a tocar no seu iPhone e põem-se a dancar num evento de hispânicos para combater o facto de eles apoiarem, maioritariamente, o Donald Trump. Num momento diz que está constantemente a realizar testes cognitivos, no outro diz que nunca fez um teste desse tipo e pergunta ao entrevistador Afro-Americano se ele é algum drogado viciado em cocaína.
Tem um problema com números: Diz que já morreram 120 milhões de pessoas nos EUA por COVID e recentemente corrigiu para 200 milhões, dos quais 6000 eram militares (quando o número verdadeiro é 7) e que metade da população norte americana foi morta por armas.
E depois também há o problema que ele tem de cheirar o cabelo, tocar de forma inapropriada e beijar mulheres na boca sem o seu consentimento. Uma dessas mulheres é a sua neta adolescente e as restantes são outras crianças que ele não conhece de lado nenhum.
Possui um caso de violação pendente, e inclusive a candidata a vice presidente, Kamala Harris, afirmou que acredita nas vítimas do Biden.
Por fim, ambos os candidatos democratas apelidaram as manifestações que levaram a mais de 20 mortes, 900 ferimentos e mil milhões de dólares em danos como "protestos pacíficos" e andam a pagar para libertar esses criminosos (inclusive libertaram um pedófilo que penetrou uma criança) .

Este post é apenas um pequeno excerto do passado destas pessoas. Com um pouco mais de investigação, é possível encontrar inúmeros outros fatores.

Obs: Decidi falar sobre a Kamala Harris em primeiro lugar uma vez que se o Donald Trump perder as eleições de 2020, quem irá ser o Presidente vai ser ela, e não o Joe Biden. Ele é o cadáver andante que o partido democrata está desejoso de se ver livre, assim que já não precisarem de o usar.
submitted by R_DiasOficial to portugueses [link] [comments]


2020.08.09 03:05 YatoToshiro Fate/Gensokyo #52 Shirou Kotomine (Fate/Apocrypha)


https://preview.redd.it/ovxwfkopgvf51.png?width=5000&format=png&auto=webp&s=83b98371b848b680cc72b2b47a7b64d4d575743d
​O verdadeiro nome do Ruler é Shirou Tokisada Amakusa, O líder adolescente da Rebelião de Shimabara. Nascido no período Edo, ele era um menino de milagres que quase poderia ser chamado de santo. No entanto, como exatamente ele foi descoberto e, de fato, pelo menos uma boa metade de sua vida está envolta em mistério. Aquele que se concentrou em seus estudos desde a infância começou a fazer muitos milagres na fronteira por um tempo. Tendo curado feridas e andado sobre as águas, ele finalmente começou a ser entusiasticamente adorado como filho de Deus pelos camponeses que acreditavam em uma religião proibida. Na realidade, ele era apenas um feiticeiro. Ele não foi ensinado Magecraft, mas foi algo que veio a ele naturalmente, mas muito raramente. Seu uso de Magecraft era principalmente subconsciente, então ele nem mesmo percebeu isso. Acontece que ele nasceu com o poder de exercer os milagres chamados Magecraft, e ninguém ao seu redor jamais apontou isso, então ele era reverenciado como um menino de milagres. Talvez Mori Souiken e seus colegas tenham suprimido esses sussurros.
The Shimabara Rebellion
Os governantes da terra, o clã Matsukura, aumentaram drasticamente os impostos, causando fome e tributação excessiva ao povo. Esta ação forçou os fracos a cair em desespero, pois eram incapazes de resistir. Enquanto continuavam a ser explorados, as pessoas encontraram a salvação no Cristianismo, as palavras cheias de amor que não podiam ser derrotadas pela fome, pobreza ou desespero. No entanto, o clã Matsukura tentou tirar até isso deles. Para eles, não era mais exploração, mas assassinato. O povo foi provocado e se levantou e se revoltou. Eles temeram que seu direito de viver fosse retirado superou seu medo de morrer em batalha.
Entre eles estava Shirou, um menino na época. Ninguém sabia se sua presença era coincidência ou vontade de Deus, mas antes que alguém percebesse, Shirou os estava liderando, embora sob as instruções de vários Rōnin. Em pouco tempo, ex-vassalos de Konishi Yukinaga o tinham como líder e estabeleceram um exército rebelde contra o Xogunato Edo. Junto com os camponeses de Shimabara, que estavam sofrendo com o ambiente hostil da época, eles levantaram uma insurreição em grande escala. Sua batalha não deve ter derrota e nem vitória também. Porque ao se levantarem, eles eram perdedores e vencedores ao mesmo tempo. Tudo o que lhes restou foi o poder de se levantar, mas o próprio ato de se levantar foi um ato necessário. Eles se levantaram por causa daquilo em que acreditavam - isso em si era importante e era o que eles desejavam. Eles acreditavam que os sacrifícios seriam reduzidos ao mínimo, e mesmo que várias pessoas incluindo eles próprios se tornassem sacrifícios, o mundo não morreria, mas sim renasceria.
The Shimabara Rebellion
Os governantes da terra, o clã Matsukura, aumentaram drasticamente os impostos, causando fome e tributação excessiva ao povo. Esta ação forçou os fracos a cair em desespero, pois eram incapazes de resistir. Enquanto continuavam a ser explorados, as pessoas encontraram a salvação no Cristianismo, as palavras cheias de amor que não podiam ser derrotadas pela fome, pobreza ou desespero. No entanto, o clã Matsukura tentou tirar até isso deles. Para eles, não era mais exploração, mas assassinato. O povo foi provocado e se levantou e se revoltou. Eles temeram que seu direito de viver fosse retirado superou seu medo de morrer em batalha.
Entre eles estava Shirou, um menino na época. Ninguém sabia se sua presença era coincidência ou vontade de Deus, mas antes que alguém percebesse, Shirou os estava liderando, embora sob as instruções de vários Rōnin. Em pouco tempo, ex-vassalos de Konishi Yukinaga o tinham como líder e estabeleceram um exército rebelde contra o Xogunato Edo. Junto com os camponeses de Shimabara, que estavam sofrendo com o ambiente hostil da época, eles levantaram uma insurreição em grande escala. Sua batalha não deve ter derrota e nem vitória também. Porque ao se levantarem, eles eram perdedores e vencedores ao mesmo tempo. Tudo o que lhes restou foi o poder de se levantar, mas o próprio ato de se levantar foi um ato necessário. Eles se levantaram por causa daquilo em que acreditavam - isso em si era importante e era o que eles desejavam. Eles acreditavam que os sacrifícios seriam reduzidos ao mínimo, e mesmo que várias pessoas incluindo eles próprios se tornassem sacrifícios, o mundo não morreria, mas sim renasceria.
Bandeira do Rally de Amakusa Shirou
Shirou trouxe um milagre, a possibilidade de vitória que deveria ser impossível. Em suas próprias palavras, ele recebeu um poder miraculoso concedido por Deus porque Deus ocasionalmente exercerá malícia devido à boa vontade. Infelizmente, Shirou obteve a vitória. Todos ficaram loucos e animados com a vitória. Eles se apegaram a Shirou, que havia vencido uma batalha onde a vitória deveria ser impossível, como um filho de milagres. Aquela pureza tola deles perturbava o menino. Shirou acreditava que eles não deveriam ter vencido. Vencer não era uma opção. Ele tinha se empenhado em salvar vidas em um futuro próximo e desviou os olhos do quadro maior. Eles podem morder um gato encurralado - mas depois de ser mordido, o gato enfurecido retaliaria matando-os.
Death
Apesar de levar o levante levianamente no início, o Edo Shogunate ficou sério devido às suas forças punitivas serem derrotadas e enviou Elder Matsudaira Nobutsuna como o comandante supremo. Shirou liderou a defesa do Castelo de Hara e derrotou o mais forte dos atacantes do Shogunato em uma série de surtos defensivos coordenados. Matsudaira Nobutsuna aplicou táticas de fome ao exército revoltado que se fechara no Castelo de Hara e estimou o tempo em que ficariam sem comida e munição para iniciar sua ofensiva geral. Foi dito que 37.000 pessoas, incluindo Shirou, foram massacradas pelas forças do shogunato, com exceção de um único traidor (existem várias teorias sobre isso).
Depois que sua rebelião falhou, Shirou foi condenado à execução por decapitação. Antes de sua morte, Shirou se sentiu ingênuo e testemunhou uma cena horrível enquanto seus camaradas eram lentamente mortos. As cabeças decapitadas de idosos, homens massacrados como animais experimentais, bebês perfurados por lanças, garotas estupradas em busca de luxúria e depois jogadas fora. Ele estava convencido de que as incontáveis vidas reunidas não foram tiradas pelo inimigo, mas por ele mesmo. Shirou, sem mudar de expressão nenhuma vez, aceitou esse resultado com uma vontade de aço e isso o tornou impossível ceder e desistir. Ele apenas olhou para esta cena de ruína. Ele não revelou resignação ou tristeza e até superou a dor de seus braços desmembrados. Ele aceitou que havia perdido a responsabilidade pela morte de seus companheiros e sua morte inevitável. Mas a única coisa que ele não podia aceitar era que tudo iria desmoronar depois disso. Ele não conseguia aceitar. Depois de ter perdido tantas vidas, ele absolutamente não podia aceitar que nada seria ganho como resultado.
"Assim Deus. Me dê outra chance. Da próxima vez, não vou perder de vista o quadro geral. Vou eliminar todos os obstáculos, inimigos e adversidades no meu caminho. Da próxima vez, vou obter tudo de bom do mundo. Um mundo onde todos são felizes, todos são bons e todos são perfeitos. Vou exterminar todo o mal e criar um mundo novo e puro."
(Última oração de Shirou Tokisada Amakusa)
Fate/Grand Order
Amakusa Shirou é o mesmo indivíduo que reencarnou em "Apócrifos". Ele possui suas memórias da Terceira Guerra do Santo Graal. Sua presença é totalmente contraditória com os registros do mundo da "Grande Ordem". Ele se relaciona com Sakata Kintoki, Lu Bu e Fuuma Kotarou na Caldéia.
Amakusa Shirou Trial Quest
Shirou e Child-Gil estão lutando pela subespécie do Santo Graal.
O Demônio da Vingança uiva na Torre da Prisão Editora
Shirou é o espírito heróico que governa a "ganância" na torre da prisão.
Salomon: O Grande Templo do Tempo
Ele está entre os Servos do "Evento Especial" para ajudar a Caldéia contra o Pilar dos Deuses Demônios.
Província de Shimosa: o estágio de rios de sangue e montanhas de cadáveres
E a versão do universo alternativo dele é o Feiticeiro (妖術 師, Yōjutsu-shi?), Que está colaborando com o Limbo Caster. Ao contrário do Shirou da maioria das linhas do tempo do Destino, este ficou totalmente louco com Shimabara e se tornou um Vingador. Ele vagou por mundos paralelos bizarros antes de entrar em contato com o Deus Alienígena, a quem ele adora como Lúcifer, o Grande Satã. Em um ponto, ele fala sobre seu ódio pelo Amakusa Shirou das outras linhas do tempo, que ainda ama a humanidade e quer salvar o mundo.
Dia dos namorados 2018: ~ Os jardins de chocolate florescentes dos namorados
Shirou encontra Semiramis no final do evento, embora ela aparentemente não o reconheça.
Interlude
Deixe-nos contar uma história da salvação mundial. É o seu interlúdio. Amakusa Shirou acompanha Ritsuka Fujimaru e Mash Kyrielight para evitar que até mesmo as menores Singularidades surjam. Shirou conta seu passado para Ritsuka e Mash. Eles detectaram um Santo Graal poluído, a lama negra que escorre pode contaminar os Servos. Eles derrotaram os restos de Zouken Matou e seus insetos. Angra Mainyu surge da lama, ele pergunta quem quer o Santo Graal corrompido. Shirou os trai porque tem um objetivo e luta contra Ritsuka, Mash e Angra Mainyu. Como Shirou foi derrotado, o Santo Graal estava prestes a explodir. Shirou insiste que ele destruirá o Santo Graal porque ele foi derrotado, então ele porá um fim nisso. Quando eles retornam à Caldéia, Shirou informa ao grupo que enquanto houver um Santo Graal, ele o reivindicará. Porém, para sua surpresa, Ritsuka diz que vai parar Shirou quantas vezes forem necessárias. Ele e Ritsuka não conseguem chegar a um entendimento, mas Shirou está disposto a colocar seu próprio sonho sob o selo para que possa lutar ao lado de Ritsuka. Como punição por sua traição anterior, Ritsuka ordena que Shirou limpe seu quarto, ao qual Shirou devotaria tudo.
Outras aparições
Em Fate/strange Fake, ele é mencionado na abertura da narração de Rider. Diz-se que se a Guerra do Santo Graal existisse quando Shirou viveu, ele pode até ter sido capaz de invocar seu eu futuro mais poderoso, um ícone do heroísmo.
submitted by YatoToshiro to Fate_GensokyoBR [link] [comments]


2020.08.03 07:10 soncauan Estou interessado em uma garota mas sou um bosta

É o seguinte, senta que lá vem história:
Vou contextualizar vocês
Gostei por muito tempo de uma certa garota, achava ela muito bonita e tals, nunca tive chance com ela e fiquei preso nesse amor platônico por anos, cheguei até a perder chances com outras meninas por conta dela.
Quando senti que havia superado decidi não perder mais tempo com bobagens, se eu me interessasse por alguém iria tentar e se tomasse um fora esqueceria a mina e seguiria minha vida. Ok, consegui fazer isso, tomei muitos foras. Gostei de várias garotas legais e tals.
Sou bv, até aí nada demais, porém quanto mais o tempo passa bate um certo tipo de "desespero" maior, vocês sabem como é, porém nada que eu não consiga lidar.
O que nos leva à garota do título, conheci ela a mais ou menos 1 mês, fomos apresentados por um amigo em comum, ela trabalha em um lugar que eu vou lá só pra ver ela, (sei que estamos em quarentena, mas é bem rápido, as vezes esse amigo em comum também está lá e conversamos um pouco mais, porém com cuidado). Enfim ela começou a me seguir no Instagram logo de cara, trocamos umas mensagens, tentei ir pelo caminho do humor, fiz umas piadas e tals, achei o twitter dela, segui e ela me seguiu de volta, pedi o whatsapp dela (jogando verde sabe? tentando não deixar muito na cara, ela entendeu e me passou na hora).
Até aqui vocês ficaram com a parte boa, vamos aos delírios adolescentes agora, prossiga por sua conta e risco.
Como diz o título, sou um bosta, um cara muito tímido e inseguro, tenho medo das pessoas não gostarem do que faço ou falo e me acharem chato, incoveniente ou algo do tipo, mas tento ignorar esses sentimentos, tenho poucos amigos e nenhum deles é aquele amigão que fica sempre junto e trocando mensagem nem nada do tipo, o que me faz sentir sozinho as vezes, mas aí já é assunto pra outro tópico.
Essa garota é legal, quando conheci não achei ela muito bonita então achei que eu nem tentaria nada, mas conversamos e tal e acabei me interessando por ela, ela curte e comenta meus tweets e eu faço o mesmo com ela, pode ser pouco mas é a maior interação que tenho com alguém em muito tempo.
Agora depois de um tempo vejo que ela tem uma vida bem agitada, diferente de mim que sou cara que fica a maior parte do dia no vídeo-game.
Não sei se devo dar em cima dela, ela parece ter vários ficantes(o que é normal), e caso ela não queira ficar comigo nossa relação ficaria estranha, pelo menos pra mim, penso isso pq se eu não der em cima dela ela passaria a ser uma amiga em potencial, ela é legal, parece que ela me acha legal, talvez ela se torne essa "amigona" que seria legal ter e eu não ficasse tão sozinho mais.
Além do mais eu não sei dar em cima de garotas, talvez eu seja tão rejeitado pelo modo como eu faço, ainda mais pq sou muito tímido, nem sei como seria falar com ela.
Enfim, só estou escrevendo isso aqui pq é melhor que diário, pelo menos sei que alguém deve ler. Não vejo muito conselho pra essa situação, mas se você quiser falar alguma coisa fique à vontade, seria de grande ajuda.
Muito obrigado por ler até aqui e T+
submitted by soncauan to desabafos [link] [comments]


2020.08.01 05:13 Furao_do_mato Polução noturna (sem conselhos)

Esses dias eu venho pensando que já deu desses "disparos" que ocorrem quase toda noite.
Há alguns anos atrás, quando eu estava no início da puberdade, eu resolvi pesquisar sobre na internet (por sorte eu fui atrás de sites sobre saúde masculina e de saúde do adolescente, não de conteúdo pornográfico) e pensei "nossa, vai ser tão bom quando meu corpo começar a liberar esses fluídos. Significa que eu vou estar iniciando a adolescência". Só que aí veio a primeira vez, a segunda, a terceira, a trigésima... Agora queria que corpo parasse, porque já está humilhante acordar "molhado" toda vez de manhã, me sinto... sujo (?).
Talvez seja porque, diferente da maioria dos homens, nunca tive uma sexualidade muito aflorada, então coisas como autoerotismo, pornografia ou mesmo o ato em si são meio descartáveis para mim (eu tinha uma carga horária de mais de 12 horas de estudo diário, sexo só dormindo como meu corpo resolveu fazer), então acabava tendo muita "munição" para gastar.
Sei que isso reduz com a idade, deve ser por causa do meu estilo de vida estressante e que é bom para o corpo exercitar a própria atividade sexual quando a pessoa não é muito ativa como eu, mas chega a ser incomodante por uma cueca para lavar e ver um negócio pegajoso saindo de mim.
Enfim, não quero conselhos, porque, como já escrevi, é um processo natural do corpo e não vai exatamente para. Sei que se eu começar a ter uma vida sexual ativa, resolver que masturbação é algo que me apetece ou mesmo virar um cinquentão, isso passa, mas quero prestar queixa à natureza, ela não podia ter feito algo melhorzinho para renovação de células germinativas masculinas?
submitted by Furao_do_mato to desabafos [link] [comments]


2020.07.30 20:46 hmrhillary EU SOU BABACA POR MANDAR A PROFESSORA CALAR A BOCA

Roi luba , papelões vivos e mortos, turma que estar a ver e possível convidado . Antes de começar a contextualizar queria falar que sou paranaense kkkk quero ver o sotaque.
Contexto: essa história aconteceu quando estava no 8 ano do fundamental (tinha 14 anos hoje tenho 17) então eu era uma adolescente pior que hoje em dia e sempre fui muito estressada. Pra melhorar tudo eu tinha uma professora de PORTUGUÊS insuportável que não dava aula ficava no celular a aula toda , não explicava e quando explicava era pouca coisa e chegava e mandava a gente copiar não sei quantas páginas do livro e se depois disso você não acha que ela era uma péssima professora eu ainda tenho que falar uma coisa meu nome é "Hillary" ele tem origem britânica logo a pronúncia normal para ele é "rillary" mas essa minha professora achava que tinha direito de falar meu nome como ela achava certo por ser professora de português então sempre na hora da chamada chegava meu nome ela falava "illary" (já que em português o bendito do H é mudo). História: Enfim agora que contextualizei vou enfim contar a história. Bom lá estava eu em mais um dia normal de aula se eu estava ou não irritada antes eu não sei informar , mas então chegou a aula dela e ela começou a fazer a chamada e chegou meu nome aí eu chamei a atenção dela falando que preferia que ela me chamasse de "Hillary" normal e não foi a primeira vez que fiz isso já tinha falado isso pra ela antes aí a bendita novamente veio com o papo "eu sou professora de português e de acordo com o português o H é mudo" aí ok prosseguio a aula aí em outro momento ela chamou minha atenção não lembro por que acho que é por que não estava no lugar , aí eu usei essa oportunidade pra falar "fala o meu nome certo que eu faço isso" aí ela como a professora orgulhosa que é contínuo me chamando de "ilary" e tipo era só ela falar "Hillary" normal oq custava e eu indignada persisti aí ela me ameaçou de levar pra pedagoga pq tava desrespeitando ela sendo que até aquele momento só estava pedindo pra ela falar o meu nome certo aí foi disso pra pior eu me irritei ainda mais aí ela começou de novo com o papo que ela tinha direito de fazer isso pq é cursada em letras e eu simplesmente me levantei fui até a porta e falei "AH CALA A BOCA" e bati a porta da sala de aula com todo ódio e foi direto pra pedagoga , conclusão fui suspensa por uma semana da aula dela que pra mim foi uma coisa boa pq odiava a aula dela e fiquei fazendo basicamente na pedagoga oq já fazia nas aulas dela VÁRIOS NADA , enfim luba espero que tenha gostado dessa história doida. Obs: não sou trans mas vejo como deve ser complicado para a comunidade trans lidar com esse lance de nome , toda força pra vocês por que vocês tem o direito de ser chamados como vocês quiserem não deixem ninguém dizer ao contrário disso bjs e abraços de luz ✊😔♥️
submitted by hmrhillary to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 22:57 BomDiaSenhores Guerra dos Pudins

A Guerra dos Pudins ou Guerra dos Dois Pudins foi uma série de lutas dinásticas pelo trono do Acre, ocorridas ao longo de trinta anos (entre 1605 e 1635) de forma intermitente, durante os reinados de Henrique Rawr Rar Roar VI, Eduardo wRawr IV e Ricardo Rawr III. Em campos opostos encontravam-se as guildas de Rarque (ou Rark) e de Lencaster, ambas originárias da dinastia Planrarneta e descendentes de Eduardo Rawr III, rei do Acre entre 1477 e 1527.
A Guerra dos Pudins foi resultado dos problemas sociais e financeiros decorrentes da Guerra da Liberdade, combinados com o reinado considerado fraco de Henrique Rawr Rar Roar VI, que perdeu muitas das terras gnomesas conquistadas por seu pai, o rei Henrique Rawr Rar V do Acre, e foi severamente questionado pela nobreza. Seu final ocorreu quando um candidato Lencaster relativamente remoto, Henrique Rar Tudor, derrotou o último rei de Rarque, Ricardo Rawr III, e assumiu o trono, casando-se com Isabella de Rarque, filha de Eduardo wRawr IV, e sobrinha de Ricardo Rawr III, para unir as duas casas. O nome do conflito deve-se aos símbolos das duas facções - o pudim branco da guilda de Rarque e o vermelho da de Lencastre, embora a última tenha sido adotado apenas mais tarde. Essa denominação passou a ser usada anos depois da guerra, por historiadores.

Origem

Esta série de guerras civis iniciou-se com a disputa da aristocracia pelo controle do Conselho Real, por causa da menoridade de Henrique Rawr Rar Roar VI. Havia uma rivalidade entre dois aspirantes ao trono: Edmundo Beauroar, 2.° duque de Somerawr (1556-1605), da casa de Lencaster, e Ricardo, 3.° Duque de Rarque, da casa de Rarque. O primeiro apoiava Henrique Rawr Rar Roar VI e a rainha Margarida de Roarjou. O segundo pôs em causa o direito ao trono de Henrique Rawr Rar Roar VI de Lencaster, um homem frio, mas fraco, sujeito a fases de insanidade. Henrique Rawr Rar Roar VI, ao assumir o poder em 1592, teve o apoio dos Beauroar e do duque de Suffolk, aliados da casa de Rark.
Os tempos eram de dificuldade para a Casa de Lencaster, no poder, fortemente abalada pela demência do rei e pelas derrotas militares do exército dinossauro no Império Gnomo durante a última fase da Guerra da Liberdade.

Início da guerra e Vitória da guilda de Rarque

O duque Ricardo Rar de Rarque, pretendente ao trono, esperou muitos anos que Henrique Rawr Rar Roar VI, vítima de problemas mentais, morresse. Ao nascer um príncipe herdeiro, porém, ele resolveu agir e, na década de 1600, chefiou uma liga de barões, na qual Ricardo Roar Neville, barão de Rarwick, era o mais influente. Os senhores de Rarque exigiram a demissão de um membro do Conselho Real da casa dos Lencastar. O rei negou-se a atendê-los; assumiu o comando de dois mil representantes dos Lencaster e marchou para o vilarejo de St Albans, em Hertfordshire. Ricardo liderou 3 mil dinossauros na direção de wRawr. Suas tropas foram interceptadas em Saint Albans pelos soldados do rei. Na Primeira Batalha de St. Albans (1605), Ricardo derrotou os soldados do rei, o qual foi capturado. O confronto, que deixou um rastro de 300 mortos pelo caminho, foi o início da Guerra dos Dois Pudins. Quatro anos depois, Rark foi derrotado em Ludford Bridge e fugiu para a Rússia 2. Foi breve, porém, a vantagem da guilda de Lencaster, pois, em 1610, após ter derrotado os exércitos dos Lencaster em Northampton, Ricardo de Rarque reclamou para si o trono. Nesse mesmo ano, Rarwick veio do 'Império Gnomístico, onde se refugiara, venceu as forças do rei e o aprisionou. Designado pelo Parlamento como sucessor de Henrique Rawr Rar Roar VI, Rarque foi, porém, assassinado na batalha de Wakefield, quando perseguia os últimos contingentes das forças reais. Seu filho e herdeiro, Eduardo de Rarque, com o auxílio de Rarwick, vingou a morte paterna. Entrou em wRawr, e em 1611, foi aclamado rei com o nome de Eduardo wRAwr IV. Rarquistas e Lencasterianos voltaram a se enfrentar em meio a uma nevasca numa colina chamada Towton. Os dinossauros arqueiros de Eduardo se posicionaram melhor e lançaram flechas a uma distância maior que a do inimigo. O exército de Lencaster foi destruído pelo duque de Rarque na batalha de Towton. Henrique Rawr Rar Raor VI refugiou-se na Rússia 2.
Os partidários de Henrique Rawr Rar Roar VI venceram a segunda batalha de Saint Albans (fevereiro de 1611), porém o filho de Ricardo, Eduardo, foi coroado mês depois na Abadia de Restminister, como Eduardo wRawr IV, o primeiro rei do Acre originário de Rarque. Pouco depois, Eduardo infligiu uma derrota decisiva a Henrique e Margarida, que abandonaram a ilha.

Divisão entre os Rark e resposta Lencaster

A guerra estava longe de terminar. Lordes partidários dos Lencaster e o próprio rei deposto, Henrique, no exílio, mantinha viva a resistência contra os Rark. Eduardo wRawr IV apagou os focos de revolta e reinou com mão pesada. O poderoso Rarwick influenciou os primeiros anos do reinado de Eduardo wRawr IV, mas os dois nobres divergiram após o casamento do rei, e a ruptura ocorreu em 1617. Eduardo também deu as costas para outros aliados, como seu irmão mais novo, Georoarge Plantageneta, duque de Clarence. Os dois nobres descontentes foram decisivos em 1619, quando mudaram de lado. Nesse ano Rarwick, à frente de força militar, derrotou o exército do rei em Edgecote e o aprisionou. A manobra, no entanto, falhou e Rarwick refugiou-se no Império Gnomístico, onde se reconciliou com Margarida de Anjou, esposa de Henrique Rawr Rar Roar VI. Rarwick voltou ao Acre em setembro de 1620, depôs Eduardo wRawr IV, que fugiu para as Ilhas Abaixo do Estados Unidos de Renatinho, e Henrique Rawr Rar Roar VI reassumiu o trono (o poder era efetivamente exercido, no entanto, por Ricardo Rarville, agora conde de Rarwick).

A volta de Eduardo wRawr IV ao trono e as consequências de sua morte

Pouco depois, Eduardo wRawr IV, agora apoiado pelo irmão, o já referido duque de Clarence, retornou ao Acre e venceu a Batalha de Rarnet (abril de 1621), na qual Rarwick morreu. Eduardo recuperou o trono. Grande parte dos líderes lancasterianos remanescentes foi morta em Rawr, em maio de 1621. Henrique foi novamente capturado e encerrado na Torre. Para evitar futuros aborrecimentos, Eduardo mandou matar o rei e seu filho.
Com isso, a Guerra sofreu uma parada brusca, até a morte de Eduardo wRawr IV, em 1633. Ele deixou dois filhos - o mais velho, de 12 anos. Eduardo Roar V, o filho mais velho de Eduardo Roar, e os seus apoiantes foram afastados pelo jovem tio do rei, Ricardo, Duque de Roucester. Poucos meses depois o rei e o irmão foram levados para a Torre de wRawr e desapareceram; os rumores diziam que haviam sido assassinados pelo tio, que herdou o trono com o título de Ricardo Rawr III.

A chegada dos Rudor

Nesta altura, a Casa de Lencaster apoiou as pretensões ao trono de Henrique Rudor, senhor de Richmond, mais tarde Henrique Rawr Rar Roar Ror VII, que fugira ainda adolescente para as ilhas do norte. As disputas terminaram em 1635, quando Henrique desembarcou no Acre com 5 mil dinossauros e marchou para depor o rei. Os dois se encontraram em Rosworth. O exército dos Rarque tinha 10 mil soldados dinossaurso, o dobro da armada adversária. Ricardo Rawr III foi morto no campo de batalha. Apesar da disparidade, Henrique Rudor venceu a célebre Batalha de Rosworth Field e foi coroado como Henrique Rawr Rar Roar Rar VII. Nos primeiros anos de seu reinado, Henrique Rawr Rar Roar Rar VII eliminou todos os seus rivais. Com a intenção de unir as duas facções rivais e fortalecer sua posição, Henrique Rawr Rar Roar Rar VII casou-se com a filha mais velha de Eduardo wRawr IV, Isabella de Rarque.
As guerras enfraqueceram o poder da nobreza e, após o convite ao trono de Lambert Simnel, em 1637, não houve sérias contestações à dinastia Rudor, criada por Henrique Rawr Rar Roar Rar VII.
submitted by BomDiaSenhores to PuddingsUtopia [link] [comments]


2020.07.29 20:42 AlvagorH Meus pais acham que eu sou gay

(Postei primeiro no desabafos, mas resolvi postar aqui também)
O relato pode ser um pouco longo, mas talvez seja engraçado (ou não).
Pois bem... senta que lá vem história.
Eu sou homem (ah vá), e desde sempre fui muito "sossegado". Não costumo ir pra festas, não bebo, não fumo. Sou bem caseiro e não sou de falar muito. Fui beijar uma menina pela primeira vez (e única desde então), aos 16, quase 17 (vou completar 21 muito em breve). Meus pais ficaram sabendo logo de cara, pois eu virei notícia na escola. O nerdão quieto e ranzinza da sala "pegando" a novinha da outra sala (ela era de um ano anterior ao que eu estava). Uma prima fofoqueira estudava na mesma sala que eu, então a notícia chegou em casa antes de mim.
Até então, eu nunca tinha notado nada de estranho nos meus pais. Eu notava alguns comentários homofóbicos deles as vezes, quando aparecia alguma notícia na televisão. "Ator famoso se declara gay", aí minha mãe "Nossa, que dó. Um homem tão bonito desses ser gay". Ou, no caso do meu pai "Eu tinha um professor que era bicha, mas era muito competente ensinando". Nessa época eu não ligava muito, pois até meados dos meus 14 anos (quando entrei no ensino médio em outra escola e em outra cidade), eu só conhecia duas pessoas que eram homossexuais e assumiam, e eu não gostava deles.
Eram dois caras muito barraqueiros e barulhentos, que zoam todo mundo. Basicamente, é o tipo de comportamento que eu sempre preferi evitar. Eu sou bastante tímido, então ter amigos próximos que chamem a atenção sempre foi bastante negativo pra mim. Logo, durante um bom tempo eu fiz a associação idiota "gays = chatos e barulhentos" e passei a evitar eles. Isso mudou bastante quando eu mudei de escola, onde as pessoas tinham valores bastante diferentes do qual eu estava acostumado. Foi um processo longo, mas o preconceito que eu tinha foi diminuindo aos poucos. Mais ou menos nessa época do ensino médio, eu comecei a me incomodar com os comentários dos meus pais, mas sempre ficava na minha para não causar confusão.
Voltando ao dia que eu perdi o BV. Bom, eu era um adolescente com muita testosterona sobrando e beijei uma menina e pude apalpar uma bunda diferente da minha sem tomar um tapão na cara. Até então, tava tudo indo muito bem. Eu era bastante amigo dessa pessoa antes de ficarmos, então eu já gostava bastante dela e me iludi muito com o rumo das coisas. Pensei que daria certo, que começaríamos a namorar e tal. Até sobre o nome de cachorros a gente falava hahahah.
Mas, a guria tinha outros planos, tava apenas curtindo o momento e logo passou pra outra. Durou um mês e meio ou dois. Então, após um ""chifre"" colossal, já que ela ficou com o ex e passou o rodo na escola ao mesmo tempo em que ficava comigo, a gente parou de se falar. De um jeito imaturo, talvez, pois eu juntei todas as minhas frustrações e joguei na cabeça dela, sendo que ela já havia deixado claro que a gente não tinha nada sério e eu continuava insistindo.
É claro que, graças a minha querida prima fofoqueira, meus pais souberam que eu e a fulaninha não estávamos mais nos falando, e mesmo assim perguntavam sobre ela em toda oportunidade que tinham. Nisso, eu ouvi alguns comentários estranhos da minha mãe, ela dizia que na escola onde eu estava tinham muitas pessoas que namoravam gente do mesmo sexo e eu tinha que tomar cuidado. Eu estranhei, mas como sou lerdo, não entendi na hora, e resolvi conversar sobre isso com um amigo.
Quando eu percebi que as coisas não estavam indo bem (ainda durante aquele mês e meio), eu usava bastante as redes sociais e conheci um cara que aguentou meus desabafos por bastante tempo, sempre me dando conselhos (e umas broncas haha). Eu comentei sobre a fala da minha mãe com ele e ele respondeu "Menino, a sua mãe acha que você é gay". Eu comecei a rir horrores naquela hora, mas também fiquei bastante inconformado. Eu me perguntava "Por que?". Não que isso me afetasse, eu sempre achei graça e vez ou outra eu conto esse fato pra algum amigo. Sempre ficou a incógnita sobre o porque que os meus pais pensavam isso, e ela ainda existe porque recentemente um cara demorou para acreditar que eu não sou gay, e eu e uma amiga rimos muito dessa situação.
Esse amigo que aguentava meus desabafos é gay. É o primeiro amigo homossexual que eu tive e a primeira pessoa sobre quem eu conversei abertamente sobre sexualidade. Ele é bastante interessado por ciência e psicologia, assim como eu, e me ensinou não só o lado social (a experiência dele sendo gay, descobrindo que gostava de homens e toda a confusão que isso gerou na sua infância/adolescência), como o lado científico da coisa, Escala de Kinsey, Freud e afins. Nessas conversas, eu tive a certeza de que sou hétero, mas acabo não me comportando como é esperado de um.
Tenho muitos primos na casa dos 20, quase todos namorando e alguns morando junto e quase casando com alguém. Vão pra festas, bebem, fumam, dão dor de cabeça pra família. As vezes um namoro termina e sempre aparece um agregado novo depois de um tempo, em média eu tenho um "primo" ou "prima" nova por um ano e meio, no máximo dois. Aí, passa alguns meses e o ciclo se repete.
E eu aqui, o primo solteiro que estuda e não traz menina nenhuma pra casa (salvo em raras ocasiões quando a minha melhor amiga aparece aqui) nem nas reuniões de família. O primo estranho que compartilha muitos posts pró-feminismo e contra homofobia. Cansei de ouvir perguntas sobre namoradas vindo de tios e até da minha avó materna.
Acho que algumas pessoas até pensam que eu escondo alguma coisa dos meus pais. Uma vez eu fui em um churrasco na casa de um amigo e a mãe dele me pediu ajuda para fazer uma mistureba alcoólica qualquer, eu disse que não sabia como fazer e ela não acreditou. Meu amigo precisou ser "testemunha" de que eu não bebo nada e que estava lá só pelo churrasco mesmo hahahaha
E aqui, temos duas cerejas nesse bolo.
A primeira é que o meu melhor amigo, o qual eu conheço desde a segunda série, há pelo menos 14 anos, começou a trabalhar na mesma empresa que a minha mãe. Ele é uma pessoa que eu costumo passar bastante tempo junto, já que nós fazemos trilhas de bike (ou fazíamos, antes da pandemia começar). Como a minha cidade tem grandes áreas verdes, essas trilhas demoram porque a gente sempre tenta explorar um caminho novo. Enfim, durante o trabalho dele, por algum motivo surgiu o boato de que ele é gay. Eu não sei nada sobre isso, ele próprio nunca me disse nada, e nós conversamos sobre muita coisa. Mas a minha mãe veio correndo me contar quando esse boato surgiu. Ela deve ter "adorado" somar 1+1 nessa ocasião.
A outra é meu pai. Tão preocupado em fazer comentários e cuidar da sexualidade dos outros, adorador do capitão cloroquina, e outro dia eu precisei fazer algo no celular dele e percebi que tinha uma aba aberta naquele site com X, e na barra de pesquisas estava escrito, adivinhem? "Bicha" hahahahahaha
Bom, como eu disse, não me incomoda o fato de acharem que eu sou gay. Não faz diferença nenhuma pra mim, na verdade, eu faço piada com isso e boa. O que me afeta nessa história é que eu tenho agora muitos amigos que são "Do Vale" e eu sinto que nunca vou poder convidar eles para me visitar aqui em casa. Tenho medo que ouçam alguma merda aqui.
Enfim, é isso. A quarentena está me fazendo sentir a necessidade de desabafar sobre alguns assuntos e esse foi um deles. Obrigado por ler até o final.
submitted by AlvagorH to sexualidade [link] [comments]


10 DIY E TRUQUES QUE TODO ADOLESCENTE DEVE SABER ... DICAS INTIMAS QUE VOCÊ ADOLESCENTE DEVE SABER - YouTube GUIA PARA ADOLESCENTES - COMO SER DIVA NA ADOLESCÊNCIA  Tuka Sampaio Como ser Cristã na escola? - YouTube 5 cuidados que TODO ADOLESCENTE deve ter com o corpo ... 16 Tips Que Toda Adolescente Debe Saber - YouTube DIY TUMBLR QUE VOCÊ ADOLESCENTE DEVE SABER - YouTube COMO ALIMENTAR A UN ADOLESCENTE! - YouTube SARAH FINGE ser UMA ADOLESCENTE por um DIA - YouTube COMO É SER UMA ADOLESCENTE CRISTÃ???? - YouTube

10 maneiras de ser uma adolescente elegante e feliz

  1. 10 DIY E TRUQUES QUE TODO ADOLESCENTE DEVE SABER ...
  2. DICAS INTIMAS QUE VOCÊ ADOLESCENTE DEVE SABER - YouTube
  3. GUIA PARA ADOLESCENTES - COMO SER DIVA NA ADOLESCÊNCIA Tuka Sampaio
  4. Como ser Cristã na escola? - YouTube
  5. 5 cuidados que TODO ADOLESCENTE deve ter com o corpo ...
  6. 16 Tips Que Toda Adolescente Debe Saber - YouTube
  7. DIY TUMBLR QUE VOCÊ ADOLESCENTE DEVE SABER - YouTube
  8. COMO ALIMENTAR A UN ADOLESCENTE! - YouTube
  9. SARAH FINGE ser UMA ADOLESCENTE por um DIA - YouTube
  10. COMO É SER UMA ADOLESCENTE CRISTÃ???? - YouTube

Sarah hoje vai finger ser uma adolescente por um dia inteiro e o papai vai achar muito engraçado. Vídeos educativo e divertido para todas as crianças e famil... COMO SER ESTILOSA NA ESCOLA ... 10 Coisas que Você Nunca Deve Dizer aos Adolescentes - Duration: 12:02. INCRÍVEL 581,024 views. 12:02. Comportamento à mesa - Duration: 1:37:22. No vídeo de hoje trago: 10 DIY E TRUQUES QUE TODO ADOLESCENTE DEVE SABER! 😝💞 DAIANE PORTELA Eu mereço 15 mil CURTIDAS? 👍 💕 Quer mais videos assim ? Então ca... Existem algumas coisas que começam a mudar no nosso corpo quando a gente chega na adolescência, e como são coisas novas, a gente não sabe muito bem como lida... ¿Adolescentes y comida? Puede ser algo complicado o no!... En este vídeo te doy las claves para su alimentación correcta. 👪 🎓¿QUIERES VER MI CLASE GRATUITA? ... Oi amores tudo bem? Espero que sim! Hoje trouxe mais u vídeo para adolescentes que vocês gostam bastante. No vídeo eu dei dica de estilo, simples mas que faz... Ooooooi tudo bom com vcs? Contei tudinho pra vcs sobre minha vida espiritual. Espero que tenham gostado. Link do primeiro vídeo👇 https://youtu.be/TZ1AxsB1W8o... olÁ amores tudo bem? chegay com mais um vÍdeo muito legal pra vocÊs. dei 6 dicas intimas, e sÃo intimas meeesmo hein, falei sobre peitos, calcinha, sutiÃ, es... Deixem sugestão de vídeo nos comentários! OBS: Não esqueça de deixar seu like e compartilhar esse vídeo. Redes Sociais Snap: Sarahgbertelli Insta: Sarahgbert... Subscríbete WooHoo: https://bit.ly/2JzaX9Y 6 Gigantes Útiles Escolares Comestibles / ¡Bromas Escolares Comestibles! https://youtu.be/hgdS5pFqMcs?list=PL-ElN5...